A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/09/2015 16:15

Prefeitura interrompe coleta de lixo e esquece até trator em frente de loja

Adriano Fernandes
 se acumula em frente a Central de Matrículas, próximo de um restaurante e lanchonetes da rua Noroeste. (Direto das Ruas) se acumula em frente a Central de Matrículas, próximo de um restaurante e lanchonetes da rua Noroeste. (Direto das Ruas)

O lixo continua se acumulando na região central de Campo Grande. Na rua Noroeste, próximo a Morada do Baís, o mau cheiro, devido a grande quantidade de sacos plásticos, incomoda moradores. Já na rua Antônio Maria Coelho, além das pilhas de resíduos, agora há um trator que recolhia o lixo em meio aos dejetos. Os registros foram enviados hoje (15) por meio do aplicativo WhatsApp, pelo canal Direto das Ruas.

O acadêmico de direito Adriano Pereira Barbosa, 30 anos, mora na rua Noroeste há mais de 15 anos. Segundo ele, o local nunca havia ficado em tamanho estado de abandono. Ainda de acordo com o rapaz, a situação se torna ainda mais critica pois a pilha de sacos plásticos e resíduos orgânicos, se acumula em frente a Central de Matrículas, próximo de um restaurante e lanchonetes da rua.

“Tem sacos de supermercado pequenos e sacos grandes repletos de resíduos. Até em caixa de madeira, tem lixo”, se queixou o estudante.

O mesmo problema, também foi relatado pelo gerente comercial Pablo Rodrigo Ribeiro Ramos, 38, da Rua Antônio Maria Coelho, no inicio da manhã de hoje. Além do mau cheiro, veículos passavam por cima dos sacos plásticos, que se espalhavam pela rua. Por volta das 10 horas, o lixo começou a ser recolhido, no entanto, as 13h00, o serviços haviam sido paralisados.

“Pararam o trabalho e de acordo com um funcionário, não há previsão para término. Enquanto isso, o trator vai ficar parado na frente da loja”, se queixou o comerciante. Via assessoria de imprensa, a reportagem encaminhou a situação a prefeitura do município e a Seinthra (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), que se comprometeu a tomar as providências necessárias.

Uma força tarefa de agentes da Seinthra, e até mesmo uma empresa de coleta seletiva de Sidrolândia, se mobilizam nos trabalhos de coleta de lixo na capital. No entanto, continuam as queixas de acúmulo de lixo, que nas contas da prefeitura, eram 38 toneladas até o último domingo (13).

Direto das Ruas- Pelos canais de interação entre a redação e o leitor, podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598, ou então pelo e-mail redacao@news.com.br

Na rua Antônio Maria Coelho, além das pilhas de resíduos, agora há um trator em meio ao lixo. (Foto:Direto das Ruas)Na rua Antônio Maria Coelho, além das pilhas de resíduos, agora há um trator em meio ao lixo. (Foto:Direto das Ruas)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions