A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/09/2015 12:30

A pedido do MPT, Solurb e funcionários participam de audiência nesta tarde

Liana Feitosa
Greve de operários da coleta de lixo começou no último dia 7. (Foto:Marcos Ermínio)Greve de operários da coleta de lixo começou no último dia 7. (Foto:Marcos Ermínio)

O STEAC (Sindicato dos Trabalhadores em Asseio e Conservação) de Campo Grande foi convocado pelo MPT (Ministério Público do Trabalho) para uma audiência para tratar da paralisação e atraso no pagamento dos salários dos trabalhadores da CG Solurb Soluções Ambientais, responsável pela coleta do lixo na Capital.

Segundo o presidente do STEAC, Wilson Gomes da Costa, a reunião ocorrerá às 14h30 e, ao que tudo indica, terá a presença da concessionária. "Não sabemos exatamente o motivo da convocação, mas iremos à reunião porque nossa expectativa é que se resolvam os impasses relativos aos pagamentos atrasados", considera.

Ainda de acordo com o representante, o sindicato já pediu liminar ao Ministério Público na tentativa de que o órgão determine um prazo para que a Solurb pague os salários atrasados.

"Estamos aguardando a resposta, se será expedida alguma liminar porque pedimos à Justiça do Trabalho que interfira na questão e que também seja estipulada multa contra a Solurb caso ela não realize os pagamentos nos prazos combinados", defende.

Cerca de 1.080 trabalhadores estão envolvidos no impasse, segundo o sindicato. A categoria está em greve desde terça-feira (7) e, nesta semana, foi determinada a cumprir a decisão judicial e recolher lixo hospitalar, apesar da greve, com possibilidade de multa de R$ 30 mil por hora de atraso na coleta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions