A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

02/07/2018 16:29

Prefeitura justifica demora em atendimento nas unidades de saúde

Secretaria Municipal de Saúde informou que durante a tarde iria contatar todos via regulação para informar a data de atendimento

Gabriel Neris
Pacientes aguardavam abertura de unidade de saúde no Lar do Trabalhador (Foto: Direto das Ruas)Pacientes aguardavam abertura de unidade de saúde no Lar do Trabalhador (Foto: Direto das Ruas)

A partida da seleção brasileira pela Copa do Mundo nesta segunda-feira (2) provocou mudança no horário de expediente de repartições públicas, assim como em unidades de saúde. A Prefeitura de Campo Grande respondeu a reportagem que o expediente seria das 14h30 às 18h30, conforme publicação em edição extra do Diário Oficial. A procura por vacina da gripe também aumentou demanda, aponta Executivo.

O atendimento ficou prejudicado em UBS (Unidades Básicas de Saúde) e UBSF (Unidades Básicas de Saúde da Família), levando a reclamação de pacientes. “Os atendimento no CEM [Centro de Especialidades Médicas] também estavam restritos a este horário”, aponta nota da Prefeitura.

Um cartaz havia sido colocado na UBS Nicolau Fragelli, no Lar do Trabalhador, avisando os pacientes que o atendimento teria início às 13h, porém eles estavam sendo avisados por funcionários que seriam recebidos uma hora depois, provocando revolta. A prefeitura informou que o cartaz colocado com a informação estava com o horário anterior ao decreto publicado na sexta-feira.

“A grande quantidade de pacientes aguardando a abertura da unidade se deu por conta da abertura de vacinação contra a gripe para toda a população que teve início hoje. Muitas pessoas se anteciparam e foram garantir um lugar na fila, uma vez que as doses disponíveis são limitadas”, completa a nota do Executivo.

No CEM também foram colocados cartazes com a mesma orientação. Segundo a prefeitura, alguns pacientes procuraram a unidade no período da manhã, principalmente pacientes do interior com demanda espontânea. Sobre os pacientes agendados, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que durante a tarde iria contatar todos via regulação para informar a data de atendimento. “A Sesau também lamenta o constrangimento passado por aqueles que se deslocaram até o local”.

A prefeitura informou ainda que foi registrada falta de dois médicos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon. “Apesar da falha na escala, os atendimentos estavam sendo feitos dentro do tempo protocolar. Os médicos que faltam têm prazo de 24 horas para justificarem sus ausências”, completou a nota. Segundo a prefeitura, quatro médicos cumpriram suas escalas no perído da manhã.

Direto das Ruas – A sugestão de pauta chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions