ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 31º

Direto das Ruas

Sucuri de 3 metros pega "carona" no capô de veículo e vai parar em Jardim

Hewerton Leite, de 24 anos, é guarda-vidas em um balneário de Jardim e só encontrou o animal após viagem de 30 quilômetros

Por Adriano Fernandes | 31/10/2020 20:19


No retorno para casa depois de mais um sábado de trabalho em um dos balneários de Jardim o guarda-vidas Hewerton Leite, de 24 anos, deu “carona” para uma companheira no mínimo inusitada. Ao chegar em casa e abrir o capô de seu veículo, ele se deparou com uma sucuri de aproximadamente 3 metros de comprimento.

Hewerton conta que o trajeto entre o seu trabalho no “Balneário do Seu Assis” e a sua residência, é de aproximadamente 30 quilômetros. “Eu cheguei cedinho e deixei o meu carro estacionado debaixo de uma árvore como faço sempre. No final desta tarde eu vim embora, normalmente, estacionei o meu carro e fui lavar ele. Quando eu abri o capô para encher o reservatório levei aquele susto”, comenta o rapaz que também é personal trainer.

O jovem diz que em seguida fechou o compartimento e chamou outros dois colegas, Wiliam e Rodrigo, para encarar o bichão. Passado o susto inicial os amigos decidiram capturar a sucuri por conta própria. Quem também ajudou na captura do animal foi Mayara, esposa de Willian. O momento em que o casal retira o animal do capô do veículo foi registrado em vídeo. Confira no início da matéria. 

Hewerton à esquerda ao lado do amigo Wilian, segurando a sucuri. (Foto: Dirto das Ruas)
Hewerton à esquerda ao lado do amigo Wilian, segurando a sucuri. (Foto: Dirto das Ruas)

Em seguida a sucuri foi levada ao batalhão da Polícia Militar Ambiental na cidade. Apesar do longo trajeto até a cidade, Hewerton explica que o animal não teve nenhum ferimento.

Segundo ele, encontrar sucuris nos balneário da região não é raridade, mas nestas circunstâncias o jovem ressalta que foi a primeira vez. “Foi coisa de cinema, uma experiência muito legal. Em sete anos trabalhando como guarda-vidas nunca havia passado por isso”, completa.

O animal foi levado de carro até a polícia e de lá, será devolvida para a natureza em uma área mais afastada da cidade. “Como trabalhamos nessa área a gente tem consciência do quanto é importante a preservação do meio ambiente e dos animais, por isso, levamos até a PMA para eles fazerem o encaminhamento correto. Foi uma experiência única”, dá o exemplo.

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário