ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Direto das Ruas

Vizinha de área invadida, moradora se queixa de medo e insegurança

Por Adriano Fernandes e Liniker Ribeiro | 24/02/2021 23:35
Moradores que foram despejados da nova invasão nesta quarta-feira (25). (Foto: Paulo Francis) 
Moradores que foram despejados da nova invasão nesta quarta-feira (25). (Foto: Paulo Francis)

Moradora no Jardim das Macaúbas, próximo do local onde pelo menos 20 famílias foram expulsas nesta quarta-feira (25), a turismóloga Kassia de Brito, de 36 anos, se queixa da sensação de insegurança que aumenta diante das invasões que já ocorrem há anos na região.

"Eu até entendo que são famílias carentes, mas eles já tem casa, não ter porque avançar lá do outro lado. Está tendo muito roubo de materiais de construção aqui", reclama. A moradora diz que já foi ameaçada pelos invasores e sempre que pode faz denúncias à prefeitura, para tentar evitar novas invasões.

"Nós estamos sendo ameaçados. Eu nem durmo direito de tanto que fico pedindo para que as pessoas denunciem. A parcela da minha casa foi de R$ 548,00 para R$ 728,00 por conta do imposto e vou pagar tudo isso para ter uma favela na frente da minha casa?", desabafa.

Despejo - As famílias foram expulsas pela Guarda Civil Metropolitana de um espaço, localizado entre as Ruas Maria de Lurdes Vieira matos, Patrocínio e Brígida de Melo. Os moradores tinham expectativa de que pelo menos 300 famílias pudessem migrar para o local, mas ação da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) e da Guarda, impediu o plano.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário