A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018

09/05/2018 09:13

A um mês da Copa, lojistas investem pouco nos produtos típicos

Comércio ainda está focado nas vendas para o Dia das Mães e deve expor itens da torcida somente no começo de junho

Ricardo Campos Jr. e Bruna Kaspary
Bandeiras são alguns dos poucos itens verde e amarelo expostos nas lojas (Foto: Saul Schramm)Bandeiras são alguns dos poucos itens verde e amarelo expostos nas lojas (Foto: Saul Schramm)

Falta praticamente um mês para o início da Copa do Mundo da Rússia e o comércio de Campo Grande ainda não ostenta as vitrines nas cores verde e amarelo com buzinas, bandeiras e outros itens típicos da torcida. Os lojistas decidiram ter calma este ano e primeiro estão investindo nas vendas de Dia das Mães para depois garantir os lucros voltados aos jogos.

Essa iniciativa vai ao encontro das intenções de compra dos próprios consumidores. A dona de casa Camila da Silva Arruda, 25 anos, diz que de quatro em quatro anos ela sempre compra camisetas, pinta o rosto e se enfeita de adereços para torcer pela Canarinho.

“Eu sempre brinco com as crianças com os enfeites, entro no clima da Copa, mas este ano vou deixar para comprar somente em junho mesmo”, disse ao Campo Grande News.

Prontos para venda – A fiscal de caixa da Loja Planeta, Edineia de Oliveira, diz que o estabelecimento já tem os itens da Copa em estoque e alguns até já estão expostos, mas a vitrine está revestida de Dia das Mães ainda.

Quanto aos jogos, o estabelecimento aposta principalmente nos produtos que fazem barulho, como buzinas, cornetas e apitos.

Rodrigo da Silva Costa, gerente da Giga da Afonso Pena, diz que por enquanto só estão expostas algumas bandeirolas e algumas perucas. Ele diz que ainda não é o momento de investir nesses produtos, pois eles ainda não estão sendo procurados pelo público.

Segundo lojistas, itens que fazem barulho são os que mais são vendidos na época da Copa do Mundo (Foto: Saul Schramm)Segundo lojistas, itens que fazem barulho são os que mais são vendidos na época da Copa do Mundo (Foto: Saul Schramm)

Por enquanto, eles estão à mostra para as pessoas verem que o local trabalha com esse tipo de item, mas o forte do momento ainda é o Dia das Mães. “Provavelmente as pessoas vão atrás quando estiver perto da Copa, quando nós vamos decorar a loja toda e colocar os produtos todos na frente”.

Ana Cristina, funcionária da Loja Mega, na 13 de Maio, afirma que o estabelecimento já tem alguns itens verde e amarelo nas prateleiras, mas por enquanto os clientes estão mesmo é atrás de presentes para o próximo domingo. “Normalmente as cornetas saem mais”.

Calendário – O primeiro jogo da Copa do Mundo será disputado no dia 14 de junho entre os anfitriões russos contra a seleção da Arábia Saudita, no estádio olímpico Lujniki. A estreia do Brasil será no dia 17 de junho em Rostov contra a Suíça.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions