A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/07/2012 10:20

Abastecimento está comprometido para gasolina, álcool e até diesel

Paula Vitorino e Mariana Lopes
Reportagem apurou que alguns postos ainda estão sem gasolina e também diesel. (Foto: Minamar Júnior)Reportagem apurou que alguns postos ainda estão sem gasolina e também diesel. (Foto: Minamar Júnior)

A semana começou para os postos de combustíveis ainda em meio ao clima de incerteza sobre o fornecimento de combustível. A reportagem apurou que pelo menos dois postos estão sem gasolina, aditivada e comum, e diesel, além de outros estabelecimentos estarem na situação de escassez dos combustíveis, inclusive o etanol.

Os proprietários esperam abastecimento nesta tarde, mas sem previsão da quantidade ser necessária para resolver o problema. O Sinpetro tem reunião marcada com a Petrobrás nesta manhã para que a distribuidora apresente uma posição oficial sobre a escassez.

“Estou servindo a conta gotas, cerca de 60% apenas do montante que pedimos, então chega e logo acaba”, diz o proprietário do Posto Mil – Vila Ipiranga, Alfredo Barros, que está sem os dois produtos desde ontem.

O proprietário do Posto Liberdade – bairro Coronel Antonino, Luiz Ribeiro, estima que o prejuízo por conta do período de escassez já chegue a R$ 100 mil.

“Chega combustível, mas não dura 2 horas”, diz. Hoje o posto está sem gasolina e diesel.

Ele diz que além do prejuízo financeiro, o estabelecimento é lesado com a perda de clientes. Outra preocupação é com trabalhadores de empresas que abastecem por meio de requisição, somente no local.

“Como tenho postos de outras bandeiras, mando eles abasteceram lá, mas e se não tivesse? O trabalhador precisa do combustível e eu não tenho para oferecer”, reclama.

No posto Kátia Locatelli – bairro Jardim dos Estados, a gerente Luciana Amadoo, contabiliza que as vendas diárias de combustíveis caíram de 20 mil litros para 8 mil litros. O local está sem gasolina aditivada hoje.

A gerente esperas que à tarde consiga abastecer 5 mil litros de gasolina e até quarta-feira (1) o problema de escassez seja solucionado.

A esperança também é a mesma para o gerente do Posto Autonomista, na avenida Ceará, Adriano Santana. O estalecimento não chegou a ficar sem combustível neste fim de semana, já que os 10 mil litros fornecidos no sábado foram suficientes para atender a demanda do local.

Adriano acredita que a partir de hoje o abastecimento não seja mais racionalizado para os postos e, com isso, os consumidores possam voltar a abastecer normalmente.

Problema - Na semana passada, a previsão da Petrobrás era de que o abastecimento fosse normalizado em Mato Grosso do Sul a partir desta semana.

Mas a assessoria de imprensa da distribuidora informou que ainda não tem uma posição oficial do abastecimento feito no fim de semana e a estimativa para esta semana.

Segundo a Petrobrás, a falta de combustíveis no Estado foi registrada há duas semanas devido a problema de logística na distribuição após problemas no transporte.



O Brasil é autosuficiente em quantidade, ele extrai a mesma quantidade que consome, mas ele não refina todo esse petróleo. Maior parte do petróleo refinado do Brasil é importado. Ele vende o petróleo bruto, mas tem que comprar o refinado. Pesquise antes.
 
José de oliveira em 30/07/2012 02:49:00
O Brasil não tinha se tornado autossuficiente na produção de petróleo?
 
Mohamad Ibrahim em 30/07/2012 01:57:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions