A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

25/07/2012 21:15

Estoques de gasolina e etanol acabam nos principais postos de Corumbá

Nyelder Rodrigues
Sem gasolina e etanol, postos ficam com baixo movimento a tarde e reduzem número de funcionários trabalhando (Foto: Capital do Pantanal)Sem gasolina e etanol, postos ficam com baixo movimento a tarde e reduzem número de funcionários trabalhando (Foto: Capital do Pantanal)

Em Corumbá, cidade localizada a 419 quilômetros de Campo Grande, a crise na distribuição de combustíveis afeta a maioria dos postos, que estão sem estoques de gasolina e álcool, comercializando apenas óleo diesel.

De acordo com o site Capital do Pantanal, a Petrobrás garantiu que haverá reabastecimento no município, entretanto, em quantidade pequena, suficiente para atender a demanda apenas por um dia.

Ainda segundo o Capital do Pantanal, alguns estabelecimentos chegaram a reduzir o número de frentistas por causa do baixo movimento durante a tarde. Um funcionário ficou durante a tarde ao lado das bombas, acenando para os motoristas que o combustível já havia acabado.

Na manhã, vários carros fizeram fila nos poucos postos que ainda comercializavam gasolina. No posto Rio Azul, centro de Corumbá, foi necessária a presença da Polícia Militar (PM) para controlar o tumulto de causado pela busca por reabastecimento.

Ao site Diárionline, o sócio-proprietário do posto Rio Azul, Luiz Ribeiro, falou sobre as conversas que teve com a distribuidora. "Minha distribuidora tinha até hoje de manhã, mas como a demanda aumentou, ela teve que suprir a da Petrobras, quadruplicou o fornecimento e todo o estoque que tinha venceu. Agora, o problema dela afeta a gente porque não vamos conseguir atender todo mundo".

Já no posto Paulista, 14 mil litros de etanol foram vendidos só hoje. A expectativa na maioria dos postos é que as carretas com os combustíveis cheguem até esta quinta-feira (26).



Quando tem problemas com a telefonia (bom, eu não tive problema nenhum) as empresas recebem multa pesada e são proibidos de vender. Mas isso já não é a primeira vez do Petrobras vacilar este ano, e cadê o MP, Procon, ...? Imagina vc como turista ficar preso em Corumba, tendo que voltar para o trabalho em Campo Grande ou SP, mas não tendo como voltar... faltar gasolina assim é coisa seria!
 
Marcos da Silva em 25/07/2012 10:51:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions