A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/02/2010 10:11

André diz que crédito fora do BB só se houver taxa menor

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) reforçou na manhã desta quinta-feira que adotou a restrição do empréstimo consignado ao Banco do Brasil porque a instituição tem as menores taxas do mercado.

Lembrado que por Lei o servidor tem direito de escolher a instituição da qual vai contrair financiamento, Puccinelli ressaltou que o decreto estadual não se sobrepõe à Lei federal e emendou: "garanto que o Banco do Brasil terá o juro mais baixo do mercado".

Diante da insistência no questionamento sobre o cerceamento do direito de escolha do servidor, o governador disse que "se Banco do Brasil se não tiver o juro mais barato o servidor está liberado automaticamente para optar por outra instituição".

A Lei federal 10.820, de 17 de dezembro de 2003, garante aos trabalhadores a escolha da instituição para realizar empréstimo consignado. No Estado operam 50 instituições financeiras diferentes.

O decreto do governo estadual foi publicado no sábado de Carnaval e por conta dele no início desta semana servidores que tentaram renegociar dívidas de empréstimo consignado contraídas juntas a outras instituições, que não o Banco do Brasil, reclamaram de dificuldades e ameaçam ir à Justiça contra a restrição.

A medida estava prevista na renovação do acordo com a instituição federal, que pagou R$ 157 milhões para ter a folha de pagamento do Estado por mais cinco anos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions