A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/02/2011 15:23

Aneel prorroga prazo de cadastramento de quem tem direito à tarifa social de luz

Sabrina Craide, da Agência Brasil

Os brasileiros de baixa renda que consomem entre 68 quilowatts-hora (kWh) e 79 kWh por mês têm até o dia 1º de junho para se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e, assim, garantir a manutenção dos descontos previstos na tarifa social de energia elétrica. Depois de fazer a inscrição, o consumidor deve procurar a distribuidora de energia elétrica da qual é cliente para comprovar o cadastramento e continuar a receber o benefício.

A prorrogação do prazo foi definida hoje (15) pela diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que decidiu estender por 90 dias o prazo para o cadastramento, que terminaria no dia 1º de março. A necessidade de ampliar o prazo de cadastramento dos consumidores foi apontada por algumas distribuidoras, pelo DPDC (Departamento de Proteção do Direito do Consumidor) do Ministério da Justiça e pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

A tarifa social de energia elétrica existe desde 2002, mas, no ano passado, a Aneel mudou as regras de concessão dos descontos. Antes, o benefício era dado automaticamente para as unidades que consumiam até 80 kWh por mês, independentemente da renda familiar. Com as novas regras, além de estar inscrita no Cadastro Único, a família deve ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou ter um dos moradores recebendo benefício de prestação continuada da Previdência Social.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions