A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

20/01/2018 12:40

Aos 55 anos, sindicato aposta em serviços gratuitos para manter filiados

Sindimóveis-MS oferece estrutura de trabalho e serviços gratuitos para seus associados para superar dificuldade causada com o fim da contribuição sindical obrigatória

Humberto Marques
Sala na entidade oferece infraestrutura necessária para corretores de imóveis exercerem suas atividades. (Foto: Divulgação)Sala na entidade oferece infraestrutura necessária para corretores de imóveis exercerem suas atividades. (Foto: Divulgação)

O Sindimóveis-MS (Sindicato dos Corretores de Imóveis de Mato Grosso do Sul) completa 55 anos de criação neste sábado (20), em um momento de transformações para o meio sindical. Como fim da contribuição obrigatória –medida tomada pelo governo federal e contestada pelas entidades do setor–, a instituição busca manter seu quadro de filiados mediante a prestação de diversos serviços considerados essenciais.

O sindicato oferece, hoje, quatro escritórios completos para que os corretores sindicalizados possam atender os clientes –com computadores, ar-condicionado, internet, serviços de copa, impressão, fotocopiadora e equipe para suporte técnico-administrativo.

Além dessa estrutura, o Sindimóveis também conta com terminal de acesso direto à Prefeitura de Campo Grande, pelo qual oferece gratuitamente até 30 extratos de débitos do IPTU e 30 cadastros de imóveis por mês aos sindicalizados. Acima destas quantidades, paga-se uma taxa de R$ 5 por documento.

Serviços – O “pacote” oferecido pelo Sindimóveis para atrair mais sindicalizados passa pelas consultas ao Serasa em relação aos clientes (incluindo protestos, ações executivas, busca e apreensão, falências e outras) e ao valor do metro quadrado em bairros e eixos especiais por meio da CVI (Comissão de Valores Imobiliários), e inclui assessoria jurídica e serviços de certidões diversas.

Presidente da entidade, Marta Recalde afirma que o oferecimento dos serviços “é a forma que o Sindimóveis atua ao longo dos anos para manter o Corretor de Imóveis sindicalizado”. “Além dos serviços, temos 14 convênios nas mais diversas áreas, inclusive lazer e saúde”, complementou a primeira mulher a presidir a instituição.

Neste ano, o sindicato trabalha para implantar o curso de TTI (Técnico de Transações Imobiliárias) na sua sede. A entidade salienta que mantém os serviços ao mesmo tempo em que apoia demanda judicial para manter a contribuição sindical vigente, de forma a manter o seu custeio.

TST mantém regra trabalhista que permite demissão sem aval de sindicato
O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra Martins, decidiu hoje (8) manter a demissão em massa de cerca de 150 profes...
Com reforma trabalhista, corretores e imobiliárias alteram vínculo empregatício
Com as mudanças da reforma trabalhista, que passaram a valer no último sábado (11), corretores de Mato Grosso do Sul estão optando, cada vez mais, pe...
Corretores de imóveis se reúnem na próxima semana em congresso nacional
Entre os dias 4 e 6 de setembro, corretores de imóveis de todo o país estão reunidos em Bonito - distante 257 km de Campo Grande, para a 26ª edição d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions