A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

04/07/2014 14:32

Após a confusão da Copa do Mundo, cai o preço dos pacotes turísticos

Jean Sampaio

A Copa do Mundo FIFA 2014 tem causado certa confusão quando o assunto chega aos pros e contras de sua vinda ao Brasil. Há comerciantes que dizem que possuem um volume menor de vendas durante o período do evento, outros que explicam que nunca tiveram tanto sucesso em seus negócios, e a discussão continua. Um dos setores que mais ansiava pelo evento, também no turismo há idas e vindas que devem ser consideradas.

Para tentar nivelar os malefícios e benefícios do Mundial, agências de turismo, companhias aéreas, hotéis e empresas de viagens vão baixar os preços de pacotes de viagens na segunda metade do mês de julho. A medida visa recuperar os clientes depois da Copa e atrair novos viajantes com promoções e vantagens.

Apesar das perspectivas otimistas, um ponto não foi levando em consideração ao falar de turismo durante a Copa: o mercado corporativo. Apesar do aumento significante do turismo de lazer no último mês, as operadoras do setor ficaram em alerta pela queda de ação do mercado corporativo em turismo. Por conta dos feriados e dos prontos facultativos em dias de jogo, diversas empresas adiaram eventos, conselhos, reuniões e viagens que são costumeiras nessa época do ano.

Graças a alta dos voos de lazer e a queda do corporativo, clientes que quiserem, por exemplo, adquirir pacotes para Disney, poderão fazê-lo com muito mais economia.O presidente da Associação Brasileira de Viagens (ABAV), José Alves, explica: “O mês de junho foi muito bom para o turismo. Os hotéis tiveram ocupações de 88%. Para manter o ritmo no mês de julho, faremos promoções e pacotes com preços agressivos”.

Telefonia fixa mantém redução de linhas em setembro, diz Anatel
O Brasil registrou pouco mais de 38,70 milhões de linhas fixas em operação no mês de setembro, o que representa menos 346.171 unidades em relação ao ...
Dólar cai 1,28% e fecha véspera de feriado cotado a R$ 3,78
O dólar comercial encerrou a quarta-feira (14) desvalorizada em 1,28%, cotado a R$ 3,782 para venda. Foi à primeira baixa após duas altas seguidas e ...
Aprovada MP que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário
A Medida Provisória (MP) 845/18 que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF) foi aprovada hoje (14) na comissão mista que analisav...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions