ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 20º

Economia

Após denúncias, JBS assina protocolo para evitar disseminação de vírus

Redução no volume de trabalhadores em ônibus, dispensa de profisonais e maior disponibilidade e de proteção são alguns dos itens

Por Rosana Siqueira | 26/03/2020 14:01
Funcionáriso denunciaram aglomeração em refeitório na semana passada. (Direto das Ruas)
Funcionáriso denunciaram aglomeração em refeitório na semana passada. (Direto das Ruas)

As indústrias sul-mato-grossenses estão tendo que seguir protocolos ainda mais rigorosos de sanidade para dar continuidade a produção para evitar o desabastecimento e manter as vagas de trabalho. Hoje foi a vez do Friboi-JBS firmar protocolo com equipe e fornecedores que prevê mais segurança aos colaboradores como a redução de 50% no número de trabalhadores dentro de ônibus, dispensa de gestantes e idosos e pessoas do grupo de risco, disponibilidade de materiais como álcool gel para os colaboradores, entre outras ações. Na quarta-feira, a Seara Alimentos já tinha firmado acordo.

Recentemente, a JBS foi alvo de denúncias de colaboradores por meio do canal Direto das Ruas, que apontavam a aglomeração de equipes em frigorífico da Capital, funcionários sem máscaras, sem álcool gel entre outros equipamentos de proteção contra o coronavírus.

Na elaboração dos dois protocolos, as empresas contaram com auxílio da equipe da Semagro na definição das medidas que, para o secretário Jaime Verruck, titular da pasta, são fundamentais para ajudar a manter a economia do Estado em funcionamento, garantindo o abastecimento da população.

“Em primeiro lugar está a saúde de todos. No enfrentamento a uma pandemia como essa do coronavírus são fundamentais as ações preventivas, e esses protocolos são preparados tendo como principal finalidade a proteção das pessoas que estão nas linhas de produção dessas industrias”, completou Jaime.

O protocolo da Friboi, que possui atualmente cerca de 37.600 funcionários diretos, também será utilizado nas unidades distribuídas em vários estados no Brasil.

Além da divulgação das medidas já estabelecidas pelas autoridades de saúde que trata das medidas de higiene, dos sintomas a que se deve estar atento, a Friboi-JBS reduziu para 50% a ocupação total dos ônibus que transportam os colaboradores, definiu ações de higienização, reforçou controle das portarias nos horários de entrada e saída de colaboradores e acesso aos vestiários, além de estabelecer alternância das escalas de produção e pausas.

Medidas como a disponibilização de álcool em gel em todos os locais de acesso e trânsito, fornecimento gratuito de vacina para gripe aos colaboradores, reforço das equipes de saúde e atendimento ambulatorial também fazem parte do protocolo da indústria, que afastou preventivamente gestantes e colaboradores acima de 60 anos.

As práticas adicionais, definidas no protocolo da Friboi-JBS, seguem o padrão das medidas anunciadas em todo País, que suspende viagens, monitora as férias e licenças, restringe entrada de visitantes e cancela reuniões internas e externas.

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Confira a Galeria de Imagens: