A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/02/2013 12:59

Associação busca apoio político para desonerar tributos do setor de saneamento

Paula Vitorino

O presidente da Sanesul e presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe), José Carlos Barbosa, foi até Brasília para pedir apoio de parlamentares para desonerar os tributos de PIS e de COFINS do setor de saneamento.

O pedido de desoneração da Aesbe é antigo, realizado ainda em 2007. Desde então, as Empresas Estaduais de Saneamento aguardam a efetivação do que foi tema de campanha da presidente Dilma Rousseff.

Diversos estados também mobilizam-se em torno do pleito e já encaminharam, por meio das respectivas bancadas, propostas de projetos de lei ao Congresso Nacional. Já tramitam nas Casas sete projetos referentes ao assunto. Além disso, 11 governadores enviaram ofícios ao governo federal em apoio à proposta da Aesbe.

De acordo com estudo econômico divulgado pela Sanesul, a desoneração do saneamento renderia ao setor R$ 36 bilhões até 2030. Isso equivale a 12% do total de recursos necessários à universalização dos serviços de abastecimento de água e de esgoto nos próximos 17 anos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions