A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/01/2009 14:08

Associação é criada para moralizar crédito consignado

Redação

O advogado Paulo Roberto de Oliveira Gomes, conselheiro seccional suplente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Mato Grosso do Sul, será o primeiro presidente da recém-criada ASCOB-MS (Associação dos Correspondentes Bancários de Mato Grosso do Sul), que visa regularizar o sistema das empresas que atuam na área de crédito consignado.

Para apresentar os fundamentos da nova entidade, Paulo Gomes, que é fundador da associação, visitou ontem o presidente da OAB, Fábio Trad, com quem conversou sobre os objetivos da instituição.

Os correspondentes bancários que atuam com crédito consignado são empresas devidamente legalizadas que prestam serviços a bancos de médio porte.

Estes bancos oferecem crédito a servidores públicos em geral, com desconto em folha de pagamento.

A união destas empresas em uma associação, criada oficialmente no dia 3 de dezembro, teve por principal finalidade organizar, coordenar e moralizar as ações no setor.

"Como não havia organização, nossas empresas começaram a ser tratadas como as de 'factoring' ou de outras instituições particulares que atuam com empréstimos, o que não é verdade. Representamos bancos médios do setor privado que atuam com crédito consignado", explica Paulo Gomes.

O advogado destaca que o crédito consignado é uma importante alternativa de circulação de recursos e fomento ao mercado produtivo, principalmente no momento atual, de crise econômica.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions