A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/06/2011 10:00

Autorizado reajuste de 7,13% para as passagens intermunicipais em MS

Marta Ferreira
Usuários do transporte intermunicipal vão pagar mais caro por passagens a partir de amanhã. (Foto: Arquivo)Usuários do transporte intermunicipal vão pagar mais caro por passagens a partir de amanhã. (Foto: Arquivo)

A Agepan (Agência de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) autorizou hoje reajuste de 7,13% para as passagens do transporte intermunicipal no Estado. Para as ligações metropolitanas, o reajuste é de 3,61%. O aumento vigora a partir de amanhã, 11 de junho.

A portaria estabelecendo o reajuste saiu no Diário Oficial de hoje. O texto informa que os preços não têm aumento desde 2009 e que a agência continua enfrentando problemas para fazer a revisão tarifaria do setor, dada à dificuldade de fiscalizar as empresas. Em 2009, as tarifas tiveram redução de preço, de 3,6%.

No ano passado, a Agepan já havia relatado isso, em maio, quando prorrogou a validade das tarifas, que, conforme as regras do setor, devem ter reajuste em setembro.

O aumento determinado hoje, segundo a Agepan, considera a necessidade de manutenção do “equilíbrio econômico e financeiro no serviço público delegado de transporte intermunicipal de passageiros no âmbito estadual”.

A resolução determina, ainda, valores para cinco trechos específicos, de até 20 km - entre Aquidauana e Anastácio, Corumbá e Ladário, Dourados e Itaporã, Jardim e Guia Lopes e Nova Andradina e Batayporã. Nessas ligações, o preço é de R$ 2,50.

Para ligações com até 40 km, conforme o texto, a tarifa deve ser de R$ 4,30.

Para os outros trajetos, o preço, nos trajetos rodoviários, é de R$ 0,162106 0 por quilômetro rodado em asfalto e de R$0,186422 em estrada de terra. Nas tarifas metropolitanas, ligações curtas entre área rural e urbana, por exemplo, a tarifa autorizada é de R$ 0,119938 0 por km em asfalto e de R$0,137928 em terra.

Mato Grosso do Sul tem mais de 140 ligações rodoviárias entre municípios e as empresas do setor transportam mais de mais de seis milhões de passageiros por ano em 140 ligações, conforme dados divulgados no ano passado pela Agepan.

Reajuste nas tarifas intermunicipais virá mais tarde
Neste ano o reajuste nas tarifas de ônibus que fazem transporte intermunicipal de passageiros virá um pouco mais tarde.Hoje é a data base para reajus...
Portaria fixa tarifa menor para ligações intermunicipais
Diante da manifestação de usuários que reclamaram da tarifa de transporte rodoviário na ligação entre Nova Andradina e Batayporã, a Agepan (Agência E...


Ao invés de subir tarifas, que tal melhorar o transporte intermunicipal que é horrível, uma viagem de Naviraí para Campo Grande de carro leva-se quatro horas no máximo, quando se vai de ônibus demora-se até oito horas, uma vergonha, as poltronas são tão encostadas uma na outra, que mal dá para se mexer, os mais gordinhos que o digam coitados, não oferecem água mineral, é uma água torneiral que não se sabe de onde vem, não tem uma vez que não tenha que pagar multa por excesso de bagagem e ficar lá por vários minutos aguardando, além dos motoristas que andam numa velocidade inacreditável, menor do que a permitida e quando se tenta reclamar na Agepan, cadê que o telefone funciona, chama e ninguém atende, não sei o porque da existência deste órgão, acho que é só para subir os preços das passagens já tão caras, não sei na verdade o que justifica o aumento das passagens.
 
marivane cavalcanti em 10/06/2011 01:37:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions