A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/01/2009 10:28

Campo Grande acumulou inflação de 4,4% em 2008

Redação

No ano passado, Campo Grande acumulou inflação de 4,4%. O total está dentro da meta de 4,5% estabelecida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional). Com exceção da Habitação, todos os outros setores inflacionaram os gastos do campo-grandense.

"No ano de 2008 somente o grupo Habitação apresentou deflação, de -0,11%, todos os outros grupos apresentaram inflações. Alimentação (11,67%), Educação (7,40%), Saúde (3,35%), Despesas Pessoais (3,19%), Vestuário (2,29%), Transportes (1,93%)", analisa o coordenador do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais), Celso Correia de Souza. O núcleo de pesquisa é vinculado a Anhanguera/Uniderp.

Em relação a novembro, o último mês do ano registrou forte inflação de 0,57%. O aumento foi puxado por Educação e Transportes, que apresentaram um índice de 3,34% e 0,95%, respectivamente.

No setor de educação, os vilões foram os reajustes nas mensalidades/matrículas, como pré-escola (9,70%), curso de idiomas (7,54%) e cursos de primeiro grau (6,08%).

Já o grupo Transportes apresentou uma forte elevação devido aos aumentos dos preços de mão-de-obra (11,55%) e do pneu novo, média de 0,75%.

No setor de Alimentação, chicória, cebola e beterraba tiveram aumentos de preços. No outro extremo, manga, limão e abobrinha registraram queda.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions