A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

27/05/2008 17:50

Campo Grande é 21º município que mais gera empregos

Redação

Campo Grande é o 21º município do Brasil que mais gerou empregos formais entre janeiro e abril deste ano, conforme o ranking dos 100 municípios que mais criaram vagas, divulgado nesta tarde pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), estatística do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). A Capital foi responsável pela geração de 5.922 no 1º quadrimestre.

De acordo com os dados, o setor industrial foi o principal responsável pelas contratações na Capital (2.821 vagas), seguido da construção civil (1.779 vagas), serviços (1.148 vagas) e o comércio apenas 106 novas vagas nos quatro primeiros meses do ano. 

Segundo o Ministério, o Estado acumula 15.618 no primeiro quadrimestre do ano e 10.051 vagas nos últimos 12 meses. No mês passado, a geração de novas vagas de trabalho em Mato Grosso do Sul registrou queda de 42,56% em abril deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, conforme os dados do Caged. O Estado foi responsável pela contratação de 22.096 pessoas e demissão de 19.504 trabalhadores, resultando na criação de 2.592 novas vagas enquanto em abril de 2007 somou 4.513 novos postos de trabalho.

Segundo o estudo, São Paulo lista em primeiro lugar com 104.829 vagas, Rio de Janeiro (30.091), Belo Horizonte (25.029), Brasília (14.938), Curitiba (14.850) e Porto Alegre (8.602), que detêm as seis primeiras posições no período.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions