ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 13º

Economia

Campo Grande é 8ª no País com contas no Desenrola

Quase 15 mil pessoas negociaram R$ 76,3 milhões em dívidas através do site do programa do governo federal

Por Gabriela Couto | 29/01/2024 16:45
Reprodução da página oficial do Desenrola Brasil na internet (Foto: Reprodução)
Reprodução da página oficial do Desenrola Brasil na internet (Foto: Reprodução)

O Ministério da Fazenda divulgou nesta segunda-feira (29) uma nova fase do programa Desenrola Brasil. A iniciativa possibilita a renegociação de dívidas dos brasileiros e beneficia a população que está com o nome negativado.

A partir de hoje, quem tem cadastro no GOV.BR, perfil bronze, poderá parcelar as dívidas renegociadas no programa. A nova medida busca facilitar o acesso a benefícios que já estão na plataforma, incluindo renegociações de dívidas com descontos que chegam a mais de 90%, em condições especiais de parcelamento: sem entrada e com até 60 meses para pagar.

Campo Grande registrou 34,5 mil contratos negociados. Destes, 17,5 mil fecharam negociações de dívidas originais que totalizavam R$ 76,3 milhões, resultando uma economia de R$ 11,7 milhões. Com isso, a Capital é a 8ª cidade onde mais foram feitas negociações no país. Ao todo, foram 15 mil pessoas beneficiadas.

Em Mato Grosso do Sul, foi registrada a participação de 27,7 mil pessoas ao programa. Somando a dívida delas, o valor original de R$ 138,6 milhões saiu por apenas R$ 21,5 milhões após os descontos do Desenrola. Foram quase 32 mil negociações dos 60,7 mil contratos negociados.

Brasil - Até o momento, cerca de 11,5 milhões de brasileiros já foram beneficiados pelo Desenrola, com mais de R$ 34 bilhões em dívidas negociadas. Os descontos médios de 83%, que em alguns casos chegam a 96%, estão disponíveis até o final do programa, no dia 31 de março.

Em julho de 2023, a primeira fase do Desenrola Brasil começou com os principais bancos retirando, automaticamente, 10 milhões de registros de dívidas de até R$ 100 dos cadastros de inadimplentes.

Ao mesmo tempo, tiveram início as negociações feitas diretamente pelos bancos credores (faixa 2 do programa) com pessoas com renda mensal de até R$ 20 mil. Essa faixa se encerrou no fim de dezembro.

Em outubro de 2023, teve início a segunda fase do programa (faixa 1), quando as negociações também passaram a ser feitas diretamente pelo site do Desenrola. A plataforma permite a renegociação até mesmo com bancos em que a pessoa não tenha conta, podendo escolher aquele que oferecer a melhor taxa.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas  redes sociais.

Nos siga no Google Notícias