ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 13º

Economia

Endividados buscam orientação para fugir de golpe e "limpar o nome"

No centro de Campo Grande, voluntários tiram dúvidas da população sobre o programa Desenrola Brasil

Por Idaicy Solano | 15/12/2023 11:40
O voluntário Matheus Seixas explica para Maria e o filho como utilizar a plataforma do Desenrola (Foto: Idaicy Solano)
O voluntário Matheus Seixas explica para Maria e o filho como utilizar a plataforma do Desenrola (Foto: Idaicy Solano)

O Desenrola Brasil, programa de renegociação de dívidas, começou em julho deste ano, mas a população ainda está em dúvida sobre como acessar a plataforma e renegociar as dívidas. Equipe de voluntários se reuniram, na manhã desta sexta-feira (15), para fazer a orientação e sanar as dúvidas de quem busca a oportunidade de ter o nome limpo.

O atendimento também acontece na próxima segunda-feira (18), no período da tarde, das 15h30 às 17h30, no canteiro central entre a Avenida Afonso Pena e a Rua 14 Julho, em frente à Praça Ary Coelho.

A cabeleireira Juliely Spiller, 29, aproveitou a ação para consultar uma dívida de empréstimo feita há cinco anos. Conforme explica a mulher, ela buscou orientação sobre a melhor maneira de negociar o débito e evitar cair em golpes durante o processo de quitação. “Eu acho mais fácil a gente vir aqui e tirar as dúvidas com as pessoas que entendem mais do que a gente”.

Ela não se lembra o valor, mas a quantia foi destinada para investir no negócio da mãe. Como não obteve êxito nos planos de investimento, o débito sobrou para a cabeleireira. De acordo com Juliely, o programa é a oportunidade de voltar a ter o nome limpo. “É muito importante, porque com nome limpo, se a gente quer comprar alguma coisa, não fica dependendo de ninguém”.

Juliely Spiller aproveitou o atendimento para sanar dúvidas sobre como não cair em golpes e quitar a dívida (Foto: Idaicy Solano)
Juliely Spiller aproveitou o atendimento para sanar dúvidas sobre como não cair em golpes e quitar a dívida (Foto: Idaicy Solano)

A aposentada Maria Santana, 66, passava pelo local com o filho de 29 anos e decidiu parar para pedir informações sobre como utilizar o programa para quitar uma dívida de cartão de crédito, feita há cerca de um ano pelo filho. Ela já conhecia o Desenrola e acredita ser uma boa oportunidade para poder quitar a dívida.

Conforme explica a aposentada, o filho possui deficiência intelectual e acabou endividado em R$ 1.400 ao adquirir um cartão de crédito. “Ele gastou tudo à toa, não sei dizer. Eu não fiquei sabendo quando ele fez [o cartão]”.

Terceira Fase - O Desenrola Brasil está na terceira fase de renegociação de créditos inadimplidos. Nesta etapa, o programa atenderá pessoas que ganham até dois salários mínimos, que estão ou não inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) e têm o nome negativado devido a débitos bancários ou os não bancários, como conta de luz, água e mensalidade escolar, contraídos de 1º de janeiro de 2019 até 31 de dezembro de 2022.

O processo será feito pela internet, na plataforma oficial do Desenrola. Na página, é possível consultar a lista de dívidas passíveis de renegociação, além do desconto oferecido pelos credores e a situação de cada uma das dívidas.

Ação - O voluntário Matheus Seixas explica que a ação visa aproximar a população campo-grandense do programa do governo federal e estima que sejam realizados pelo menos 20 atendimentos na manhã de hoje. O público-alvo são cidadãos de baixa renda, que estejam com dificuldade de acessar a plataforma ou não possuam computadores e acesso à internet. “Estamos ensinando como fazer pelo celular mesmo, da maneira mais rápida possível. O objetivo é a pessoa já sair daqui encaminhada”.

A ação é uma parceria entre a deputada federal Camila Jara (PT) e demais parlamentares da legenda.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias