A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

26/01/2016 10:49

Campo Grande é a 7ª capital mais desenvolvida do país, avalia Firjan

Caroline Maldonado
Campo Grande é a 7ª Capital mais desenvolvida do país (Foto: Marcos Ermínio)Campo Grande é a 7ª Capital mais desenvolvida do país (Foto: Marcos Ermínio)

Pesquisa realizada pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) aponta Campo Grande como a 7ª Capital mais desenvolvida do país. O IFDM (Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal) avalia o nível de desenvolvimento econômico dos mais de 5 mil municípios brasileiros, considerando emprego e renda; educação e saúde.

A primeira Capital da lista é Curitiba (PR). Em segundo lugar está São Paulo (SP), em seguida estão Vitória (ES), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ) e em sexto lugar Goiânia (GO). Com o índice 0,8195, considerando todos os municípios brasileiros, Campo Grande fica em 277º lugar.

A Firjan avaliou 5.517 municípios, que abrigam 99,8% da população brasileira. Ficaram fora do levantamento 5 cidades criadas recentemente, que ainda não possuem dados suficientes para análise, e 48 que não declararam ou dispõem de informações inconsistentes.

A capital brasileira menos desenvolvida é Macapá (AP). No ranking geral, a cidade aparece na 2284ª posição. A segunda menos desenvolvida é Belém (PA), terceira é Manaus (AM) e a quarta é Maceió (AL).

Criado em 2008, o estudo considerou dados oficiais de 2013 para essa última edição, divulgada na semana passada. A cidade menos desenvolvida do país, de acordo com o IFDM, é Santa Rosa do Purus (AC), a segunda é Barcelos (AM) e em seguida está Portel (PA).

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions