A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/12/2008 12:42

Chile habilita frigoríficos de MS para exportar carne

Redação

Técnicos chilenos estão visitando o Brasil para avaliar o sistema sanitário brasileiro e deve habilitar ao final das visitas 17 plantas nacionais para que as exportações de carne bovina 'in natura' sejam restabelecidas, inclusive em Mato Grosso do Sul.

Segundo fonte do setor, missão da União Européia também está para chegar ao Brasil em janeiro de 2009.

A missão chilena chegou ontem ao Rio Grande do Sul para cumprir roteiro em Uruguaiana, Bagé e Porto Alegre. A expectativa é de que os trabalhos no Estado terminem hoje, para que o grupo siga para Rondônia.

Antes de visitar os estabelecimentos gaúchos, os técnicos estiveram em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Em outubro de 2005, o Chile impôs um embargo ao produto brasileiro após casos de febre aftosa identificados no Mato Grosso do Sul e Paraná. Atualmente, o Chile só compra carne in natura do Rio Grande do Sul. Santa Catarina também está aberta ao mercado chileno, mas não tem oferta de carne bovina para atender a demanda.

Depois do reconhecimento de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) como áreas livres de febre aftosa com vacinação e da liberação, o Brasil passou a pressionar o governo chileno para que houvesse a liberação das importações.

Apesar de negar que tenha sido em retaliação, o governo brasileiro deixou de importar temporariamente alguns tipos de frutas chilenas, alegando problemas sanitários.

Após algumas conversas entre os dois países, o Brasil suspendeu o embargo das frutas e aguarda até hoje a liberação das exportações de carne bovina para aquele país. Com informações do Estadão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions