A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

22/01/2009 20:23

CNI aprova negociação da Vale com unidades de MS e MG

Redação

O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Armando Monteiro Neto, elogiou hoje a negociação da Vale do Rio Doce com os trabalhadores das unidades Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, e alfinetou a posição da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), de tomar à frente nas discussões com os trabalhadores.

E sobre o quadro industrial no país, Monteiro Neto acredita que será pior no primeiro trimestre de 2009, com a produção em queda e mais demissões. Para ele, somente a partir do segundo trimestre o quadro vai começar a se estabilizar, conforme reportagem da Folha On Line.

As medidas do governo para estancar os efeitos da crise estão se esgotando, segundo ele. Apesar de considerar as ações positivas, alguns setores serão obrigados a "reconhecer prejuízos", apontou, devido a estoques ainda existentes, acumulados antes da crise, com preços completamente acima do mercado atual.

A Vale do Rio Doce apresentou nesta quinta-feira proposta aos trabalhadores das unidades de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul para concessão de licença remunerada. Segundo o grupo, quem aderir terá emprego garantido até 31 de maio de 2009.

O pagamento, porém, fica reduzido a 50% do salário-base, sendo assegurado o mínimo de R$ 856,00. Benefícios como assistência médica, cartão alimentação e creche ficam assegurados.

O objetivo da proposta, informa o grupo, é possibilitar que a Vale consiga ganhar tempo para organizar sua produção em diferentes minas, de forma a se adequar à realidade de mercado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions