A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/05/2008 16:59

Confrontos marcam referendo realizado na Bolívia hoje

Redação

Pelo menos 20 pessoas feridas e uma morta é o resultado ater agora do tumultuado dia vivido na Bolívia, país vizinho a Mato Grosso do Sul, durante a realização do referendo no departamento de Santa Cruz para decidir sobre a ampliação da autonomia regional em relação ao governo de La Paz. A informação é das agencias internacionais, a partire da televisão ATP, da Bolívia, e dos jornais bolivianos.

A maior quantidade de feridos foi registrada durante um confronto campal, com pedras e paus, entre simpatizantes do presidente Evo Morales e grupos autonomistas do bairro de Plan 3.000, na capital Santa Cruz de La Sierra. Os choques ocorreram após a decisão dos habitantes desse bairro de destruir as urnas instaladas para a votação, que foi suspensa temporariamente.

Também foram registrados feridos na localidade de Yapacani, outro reduto dos sindicatos leais a Morales, no qual o referendo foi suspenso após camponeses atacarem os recintos de votação.

A polícia, conforme as informações divulgadas pela imprensa boliviana, usou balas de borracha durante confronto com defensores da autonomia

O porta-voz do Governo, Ivan Canelas, advertiu neste domingo, em um primeiro relatório, que o dia começou "manchado pela violência", e atribuiu os conflitos aos grupos radicais autonomistas. Já o governador de Santa Cruz, Ruben Costas, responsabilizou os seguidores de Morales pelos incidentes e enfrentamentos.

A votação está sendo organizada pela Corte Eleitoral Departamental de Santa Cruz. Cerca de 900 mil eleitores eram esperados às urnas, mas o voto não é obrigatório. A contagem já começou.

(Com informações da Folha On Line e do jornal El Deber).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions