A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/04/2009 10:47

Consumidor aproveita feriado para comprar ovos e peixe

Redação

Os supermercados de Campo Grande tiveram uma manhã de movimento intenso nesta sexta-feira de Paixão de Cristo. Muita gente aproveitou o feriado para ir às compras, com foco voltado principalmente para o peixe e os ovos de chocolate.

O comerciante Valdemir Moreira de Paula foi ao supermercado com seus filhos Matheus, de 11 anos e Gustavo, de 9 anos para comprar os ovos de chocolate. Ele disse que não teve tempo de ir antes fazer as compras para a Páscoa e aproveitou o feriado. Os filhos vão levar para casa, além dos ovos, caixas de bombons.

Como está comprando às vésperas da Páscoa, o comerciante também aproveitou as promoções, feitas nos últimos dias para não haver sobra de ovos.

Os supermercados estão autorizados a abrir nesta sexta-feira, Paixão de Cristo, por liminar do TRT (Tribunal Regional do Trabalho). Depois de uma disputa judicial, com última liminar favorável aos patrões, as duas partes chegaram a um consenso para a convenção coletiva.

Em apenas três feriados os supermercados vão fechar: no Natal, no Ano Novo e no Dia do Trabalhador. Como o 1º de Maio cai em uma sexta-feira, e é dia de pagamento de servidores públicos, ficou acertado que a folga para os funcionários dos supermercados será na segunda que antecede a data, dia 27 de abril.

Recomendações - Ministério da Justiça e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária alertam os consumidores para cuidados na compra de pescado nesta Páscoa. Embalagens sujas, amassadas, estufadas, abertas ou com qualquer alteração não devem ser adquiridas, pois o produto pode estar impróprio para consumo.

Sobre os peixes congelados, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor e a Anvisa lembram que o produto somente deve ser comercializado em bandejas com indicação de todas as informações relativas ao produto, conforme estabelece o Código de Defesa do Consumidor. O consumidor deve ficar atento à temperatura de conservação informada e compará-la com a do balcão, já que elas devem ser similares.

O rótulo das embalagens deve conter o nome do produto, nome e endereço do fabricante, lista de ingredientes usados, conteúdo líquido, identificação da origem, lote e data de validade e o selo de inspeção municipal, estadual ou do Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A venda a granel, no caso de peixes congelados, é irregular, pois contraria a divulgação de informações exigidas pelo Código de Defesa do Consumidor.

Um dos campeões de venda neste período é o bacalhau. As peças que apresentarem manchas, vermelhidão e amolecimento devem ser descartadas pelos consumidores.

Já o peixe fresco deve ser mantido refrigerado ou sobre espessa camada de gelo, para evitar que seja contaminado e se deteriore. Sua pele deve estar úmida e bem firme. O local de venda deve ser limpo e organizado. Para os peixes salgados, é necessário que o ambiente seja seco e frio.

Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal
O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimen...
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions