ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  28    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Conta da Enersul fica mais cara em abril; empresa pediu 7,25%

Por Mariana Lopes | 12/03/2012 11:47

A partir de abril, a conta de energia de consumidores em 73 municípios sul-mato-grossenses virá com um reajuste tarifário. A solicitação da Enersul, que está em análise pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) é de aumento de 7,25%.

O reajuste passa a vigorar a partir do dia 8 de abril. Isso significa que valor das contas neste mês terá aumento proporcional aos dias de validade do aumento. Em maio, o valor será integral.

Conforme a explicação da Enersul, o que mais pesa no reajuste é o Índice de Reajuste Econômico de 4,69%, sendo 2,72% relativos ao reajuste de itens não gerenciáveis pela Enersul, como energia comprada, encargos setoriais e transporte de energia; e 1,97% relativos aos itens gerenciáveis, que são operação, manutenção e ampliação do sistema elétrico e do atendimento.

Outro item considerado são os Componentes financeiros, que representa 2,56% do índice proposto. Esse item incorpora programas oficiais na tarifa, como subsídios para consumidores de baixa renda, geração renovável, irrigação do programa Luz para Todos, entre outros. Os que haviam sido incorporados no reajuste tarifário de 2011 devem ser deduzidos, os quais representaram o percentual 4,18%, resultando, assim, um impacto médio no valor final da conta de energia elétrica em 3,07%.

O resultado da avaliação da Aneel sai no dia 8 de abril, quando a tarifa nova começa a valer.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário