A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

06/10/2015 23:59

Cotação volta cair e dólar fecha a terça-feira vendido a R$ 3,843

Agência Brasil

Em queda pela terceira sessão seguida, a moeda norte-americana fechou no menor valor em três semanas. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (6) vendido a R$ 3,843, com queda de R$ 0,058 (-1,48%). A cotação caiu para o menor nível desde o último dia 16 (R$ 3,834).
A moeda operou em queda durante toda a sessão. Na mínima do dia, por volta das 12h, chegou a ser vendida a R$ 3,835. Durante a tarde, a cotação oscilou em torno de R$ 3,84. A divisa caiu 3,1% em outubro, mas acumula alta de 44,5% em 2015.
O Banco Central (BC) deu prosseguimento à rolagem (renovação) dos contratos de swapcambial, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro. A autoridade monetária renovou 10.275 contratos que venceriam em novembro. Em outubro, o BC rolou US$ 2,05 bilhões de contratos que venceriam no próximo mês, o que equivale a 20% do lote total.

Na rolagem, o BC não leiloa novos contratos de swap, apenas prorroga o vencimento dos contratos em circulação.
No cenário externo, contribuiu para a queda do dólar dados sobre o comércio exterior dos Estados Unidos divulgados hoje. Em agosto, o país exportou US$ 185,1 bilhões, queda de US$ 3,7 bilhões em relação ao mês anterior.

A queda nas vendas norte-americanas para o resto do mundo indica que a maior economia do planeta não está crescendo no ritmo esperado. Atrasos na recuperação dos Estados Unidos podem fazer o Federal Reserve (Banco Central norte-americano) adiar o aumento de juros no país, o que adia a retirada de capitais de países emergentes como o Brasil e pressiona para baixo a cotação do dólar.

Governo suspende benefícios fiscais de quatro empresas em MS
O Governo de Mato Grosso do Sul suspendeu incentivos fiscais de quatro empresas, conforme divulgado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, d...
Estado concede e prorroga benefícios fiscais a 12 empresas em MS
O Governo de Mato Grosso do Sul relacionou 12 empresas que vão receber e as que terão a continuidade de benefícios fiscais do Estado. A decisão está ...
Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios
O Ministério da Fazenda autorizou, pela segunda vez este ano, o aumento das tarifas cobradas pelos Correios. Na edição de hoje (18) do Diário Oficial...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions