A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/12/2008 17:00

Crise econômica freia criação de empregos em Corumbá

Redação

No final de um ano de crescimento econômico, Corumbá (426 km de Campo Grande) sente os reflexos da crise econômica que teve início no setor imobiliários dos EUA e que atingiu em cheio os setores ligados à mineração na cidade fronteiriça.

Somente no mês de novembro foram desligados dos empregos formais (entre demitidos e demissionários) 441 funcionários com carteira assinada. A própria indústria extrativista mineral contabilizou pequena redução na quantidade de empregados: 27 demissões e 10 vagas a menos no mercado (admissão menos demissão).

A paralisação das atividades da mineradora MMX iniciada em 25 de novembro em razão da queda na demanda internacional por ferro-gusa e minério de ferro resultou em uma retração em cadeia em outras atividades econômicas e na demissão de trabalhadores de diversos setores.

Agências têm até hoje para se credenciar para receber turistas chineses
Agências de turismo e viagens do Brasil que têm interesse em trabalhar com turistas chineses devem se habilitar junto ao Ministério do Turismo. O pr...
Receita Federal paga R$ 43 milhões no último lote do Imposto de Renda em MS
A Receita Federal paga nesta sexta-feira (15) o último lote do IRPF (Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), de 2017, que contempla 30.300 contribui...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions