A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

02/09/2017 09:33

Desempregados acordam cedo para encontrar vaga em Feira do Trabalho

Gabriel Maymone e Renata Volpe Haddad
Pessoas em busca de emprego aguardam serem atendidas por equipes da Funsat e Funtrab (Foto: Marina Pacheco)Pessoas em busca de emprego aguardam serem atendidas por equipes da Funsat e Funtrab (Foto: Marina Pacheco)

O serviço mais procurado na 2ª edição da Feira do Trabalho, realizada neste sábado (02), no corredor central da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), é a intermediação de vagas de emprego. No local, equipes da Funsat (Fundação Social do Trabalho de Campo Grande) e Funtrab (Fundação do Trabalho de MS) oferecem também serviço de emissão de documentos e exames de saúde. como mamografia e teste rápido de HIV.

Entre os que buscam a recolocação no mercado está Cristina Ferreira Góes, 30, que está desempregada há dois meses. Ela veio de Ribas do Rio Pardo para Campo Grande e busca uma oportunidade em vendas ou como secretária. “Tenho experiência nessas áreas e vi que estava acontecendo a feira nas redes sociais”, disse, com muita expectativa.

Já a jovem Amanda Camargo de Abreu, 23, está há oito meses procurando por um trabalho e viu na feira uma oportunidade para conseguir um trabalho. Segundo ela, conseguir um emprego está muito difícil. “O que achar estou topando”, declarou, informando que tem experiência como recepcionista ou atendente.

Para Cristiane Santos de Souza, 34, que há duas semanas pediu demissão do trabalho por achar que a empresa estava em um momento instável, o evento é uma oportunidade para conseguir algo melhor. “Fiz entrevistas, mas até agora nada deu certo”, lamentou.

Superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego em MS, Vladimir Benedito Struck (Foto: Marina Pacheco)Superintendente do Ministério do Trabalho e Emprego em MS, Vladimir Benedito Struck (Foto: Marina Pacheco)

O superintendente do MTE-MS (Ministério do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul), Vladimir Benedito Struck, ressaltou a importância do trabalho para o momento em que o país passa. “A nós cabe fazermos o que podemos. Essa feira é o que podemos fazer para incentivar o trabalhador. Se quisermos mudar o país, será na base do trabalho”, pontuou.

Sobre a feira – Além da intermediação de vagas de emprego, a feira oferece serviços como emissão de documentos como carteiras de trabalho, carteiras de identidade, CPF (Cadastro de Pessoa Física), cartões do SUS, título de eleitor e será feito cadastro biométrico da Justiça Eleitoral. Equipes da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) prestam orientação jurídica na área trabalhista.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) disponibiliza 70 testes rápidos de HIV, Sífilis, hepatite B e C. A Cassems irá realizar 25 exames de mamografia e 40 exames de PSA (para detectar câncer de próstata). Haverá aula de ginástica laboral, orientação de postura, massagem quick, aferição de pressão e atendimentos de psicologia, com acadêmicos da Anhanguera-Uniderp.

Feira do Trabalho terá de ofertas de emprego a exames de saúde
A Câmara Municipal de Campo Grande, Superintendência Regional do Trabalho, Governo do Estado e Prefeitura Municipal, com apoio da Universidade Federa...
Dólar desacelera queda ante real após decisão do Fed, mas termina em baixa
O dólar desacelerou as perdas ante o real - chegando a subir levemente - nesta tarde, de quarta-feira, 20, depois que o Federal Reserve (Fed) deixou ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions