A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/04/2013 11:51

Diretores serão convocados para explicar problemas na telefonia

Carlos Martins
Deputado Paulo Correa: AL avalia criação da CPI da Telefonia (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)Deputado Paulo Correa: AL avalia criação da CPI da Telefonia (Foto: Giuliano Lopes/ALMS)

Os diretores regionais das empresas de telecomunicações serão convocados para que expliquem a queda na qualidade do serviço prestado em Mato Grosso do Sul. A decisão foi tomada na noite de ontem (08) durante reunião na Casa da Indústria, em Campo Grande, entre o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos e mais sete deputados. A reunião foi convocada por Longen para tratar das ações do Sistema Fiems no Estado e também sobre os gargalos que impedem o pleno desenvolvimento do setor industrial, entre eles, o serviço de telefonia móvel, cujo serviço prestado é um dos mais precários, na opinião de parlamentares.

“É de extrema urgência saber juntos aos diretores das teles o que está sendo investindo na área de comunicação para resolver esse gargalo da falta de qualidade do serviço de telefonia móvel”, cobrou o presidente da Fiems. Para Sérgio Longen, a má qualidade dos serviços prestados do serviço de telefonia móvel oferecido pelas concessionárias em vários municípios do Estado preocupa o setor industrial. “O grau de insatisfação dos consumidores com as empresas telefônicas em operação em Mato Grosso do Sul já é imensurável”, observou Longen.

De acordo com o deputado Jerson Domingos, a primeira medida a ser tomada é ouvir as empresas de telefonia do Estado. A proposta foi apresentada aos 24 parlamentares da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira (09). “Vamos convidar os representantes dessas empresas para que nos expliquem as razões da queda na qualidade do serviço da telefonia móvel,” adiantou. A Assembléia também quer investigar o que as Teles estão fazendo para resolver esse problema. “Caso essa reunião não tenha o resultado esperado, poderemos pensar em medidas para exigir o comprometimento delas em melhorar esse serviço”, disse o presidente da AL.

Na sessão desta terça-feira, o deputado Paulo Correa (PR), presidente da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio, antecipou que o presidente da AL, Jerson Domingos, irá convocar uma reunião para analisar a possibilidade de criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Telefonia. “Temos ouvido muitas reclamações do cidadão comum. Acho que é muito interessante ouvirmos as empresas de telefonia para entender o que está acontecendo”, disse o deputado Paulo Corrêa. Segundo ele, o lucro das empresas cresceu 1.200% enquanto o investimento não passou de 63%.

Presidente da Al, Deputado Jerson Domingos (E) e o presidente da Fiems, Sérgio Longen, decidiram convocar diretores das empresas de telefona para dar explicações(Foto: Divulgação)Presidente da Al, Deputado Jerson Domingos (E) e o presidente da Fiems, Sérgio Longen, decidiram convocar diretores das empresas de telefona para dar explicações(Foto: Divulgação)

Ministério Público - O corregedor-geral substituto do MPE (Ministério Público Estadual), Antônio Siufi Neto, que também participou da reunião, disse que considera muito importante a iniciativa da Assembleia e da Fiems. “Estamos prontos para contribuir”, afirmou. O 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado estadual Antonio Carlos Arroyo, informou que já existe um movimento nacional contra a má qualidade no serviço de telefonia móvel. “Hoje pagamos a 2ª maior tarifa do mundo de telefonia. Para se ter ideia, o crescimento dessas empresas foi de 1.200% de lucro, enquanto o investimento não passou de 63%. Eu já estou com um pedido de CPI pronto, mas acredito que primeiro precisamos ouvir os representantes das empresas para depois decidir o que deve ser feito”, pontuou.

O deputado estadual Paulo Corrêa, acredita que a melhor solução seria, a princípio, convocar uma audiência pública para discutir a questão, o que foi bem aceito pelo deputado estadual Amarildo Cruz. “Nessa audiência, poderemos constatar a precariedade do serviço de telefonia móvel que é oferecido pelas teles e assim poderemos dar o melhor encaminhamento”, disse. A 3ª vice-presidente da Assembleia Legislativa, Mara Caseiro, destacou que, além da má qualidade do serviço, atualmente os usuários de telefonia móvel são muito vulneráveis a todos os tipos de golpes por telefone. Também participaram da reunião os deputados Dione Hashioka, 2ª vice-presidente da Assembleia Legislativa, Júnior Mochi e Laerte Tetila.

Empresas têm até 20 de dezembro para optar pela antecipação do eSocial
Empresas podem optar pela antecipação da implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSoci...
Prazo para regularizar débitos com fisco estadual vence na sexta-feira
Contribuintes que possuem débitos com o fisco estadual têm até sexta-feira (15) para aderirem ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) de Mato Gross...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions