A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

30/05/2012 12:16

Dívida em MS segue em R$ 7,6 bi e gasto com pessoal dentro do limite

Aline dos Santos

A dívida do Estado segue na casa dos R$ 7 bilhões e a despesa com pessoal foi de R$ 3 bilhões. Os dados constam no relatório de gestão fiscal relativo ao primeiro quadrimestre do ano (janeiro a abril). O documento foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado.

A despesa com o funcionalismo está dentro do limite, cujo teto chega a R$ 3,7 bilhões. No período, a receita corrente líquida chegou a R$ 6,2 bilhões. Nos quatro primeiros meses de 2012, a dívida consolidada foi de R$ 7,6 bilhões.

Em março deste ano, quando o débito estava no mesmo patamar, o governador André Puccinelli (PMDB) declarou que a situação já foi bem pior. No primeiro quadrimestre, a dívida previdenciária de Mato Grosso do Sul foi de R$ 9,5 bilhões.

Prioridades – Apontadas como as áreas prioritárias, Saúde, Educação e Segurança já receberam mais de R$ 400 milhões. Na Segurança Pública, a dotação prevista para o ano é de R$ 631 milhões, com execução de R$ 108 milhões.

Na Saúde, dos R$ 839 milhões previstos, foram R$ 95 milhões. Na Educação, a previsão é de R$ 1 bilhão, com aplicação de R$ 197 milhões. Na área de Transporte, a previsão é de R$ 916 milhões, com execução de R$ 95 milhões.



Fazendo as contas, supondo que o número de habitantes de MS seja 2.500.000, cada habitante já nasce devendo R$ 2.800,00
Pode?
 
José Carlos de Almeida em 30/05/2012 04:55:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions