A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/12/2008 10:00

Economista descarta risco de recessão no Brasil em 2009

Redação

O Brasil vai sofrer um processo de desaceleração em seu ritmo de crescimento no próximo ano, principalmente pela onda de incertezas que leva investidores e consumidores a reverem seus projetos, adiando gastos e decisões de expansão da capacidade produtiva.

A avaliação é do diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getulio Vargas (FGV), Carlos Langoni. "Vai ser uma desaceleração forte. Mas, eu diria que, em termos relativos, o Brasil ainda vai estar bem na fotografia, porque vamos crescer provavelmente acima da média da maioria dos países da América Latina, que vão sofrer forte contração, como o México, a Venezuela e a própria Argentina. Vamos ficar acima da média de crescimento mundial, que deve ser em torno de 2%. E, o que é mais importante, não vamos mergulhar no abismo recessivo".

A desaceleração será provocada também pelo contágio das restrições de crédito, que

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions