A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

04/09/2012 16:53

Em encontro sobre tributos, prefeito fala de ampliação da Central do Cidadão

Gabriel Neris e Helton Verão
Trad disse que Central de Atendimento se tornou shopping da desburocratização (Foto: Rodrigo Pazinato)Trad disse que Central de Atendimento se tornou shopping da desburocratização (Foto: Rodrigo Pazinato)

Teve início nesta terça-feira (4), em Campo Grande, a segunda reunião do Comitê Gestor da Rede PNAFM (Programa de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros). Esta será a oportunidade de 22 municípios trocarem informações até quinta-feira para melhoria da gestão tributária local.

A primeira reunião foi realizada no mês de maio, em Gravatá (PE). A capital sul-mato-grossense foi escolhida para receber por se tornar referência para outros municípios. Entre as principais cidades do País estão participando Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Fortaleza.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), participou da abertura e destacou a construção da Central de Atendimento ao Cidadão. Segundo ele, a ideia foi tão positiva que um anexo será construído para suportar o a procura pela população.

“As pessoas ficaram em dia com o IPTU, a adimplência aumentou 84% em quatro anos. A Central de Atendimento ao Cidadão se tornou o shopping da desburocratização”, comparou Nelsinho.

De acordo com o prefeito, o desconto de 10% para quem paga à vista e os prêmios utilizados para sortear aos contribuintes que pagam em dia, como casas e carros, também incentivaram a população.

Na segunda etapa, serão investidos no PNAFM US$ 166,6 milhões até 2014, sendo US$ 150 milhões provenientes do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e US$ 16,6 milhões de contrapartida dos governos federal e dos municípios participantes do programa no Brasil. O montante será dividido entre os 22 municípios que estão na segunda fase.

O prefeito de Campo Grande afirmou que o dinheiro será utilizado para modernizar o sistema da Central de Atendimento ao Cidadão, aumentar o prédio com um anexo, e qualificar cerca de 4,5 mil servidores para trabalhar com gestão tributária.

“É uma troca de experiência com vários modelos de gestões tributários. Os municípios vão aprender com o outro”, comentou Trad.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions