A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

28/05/2008 14:49

Em MS, 11,7 mil trabalhadores não sacaram abono salarial

Redação

Faltando pouco mais de 30 dias para o término do prazo, 11.759 trabalhadores sul-mato-grossenses ainda não resgataram o abono salarial no valor de um salário mínimo (R$ 415,00), totalizando R$ 4,8 milhões que podem ser destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador, conforme informações da assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul.

A Caixa ressalta que se até o dia 30 de junho o benefício não for sacado, os trabalhadores perdem o direito. Em Mato Grosso do Sul, até o momento, mais de 140 mil trabalhadores já foram beneficiados, o que representa 92,26% do total de abonos a serem pagos, o que registra um recorde na quantidade de abonos pagos em um único exercício.

O trabalhador cadastrado no PIS até 2002 que tenha trabalhado pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano de 2006 com carteira de trabalho assinada pela empresa; tenha recebido, em média, até dois salários mínimos mensais e que tenha tido seus dados informados corretamente por sua empresa na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base 2006.

Quanto aos Rendimentos do PIS, tem direito ao saque o trabalhador que foi cadastrado no PIS-Pasep até 4 de outubro de 1988 e que tenha saldo de quota do PIS. Quem ainda não recebeu o beneficio e se enquadra nessas condições procure umas das agências da Caixa. Mais informação pelo Disque Caixa: 0800-726-0101 (atendimento eletrônico 24 horas ou por operador, de segunda a sexta-feira, das 7 às 20 horas).

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions