A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Abril de 2017

07/04/2017 11:21

Em MS, 138 mil trabalhadores podem sacar o FGTS a partir de sábado

Caixa adiantou calendário de pagamentos e saques iniciam dois dias antes do previsto

Elci Holsback
Contribuintes formam fila nesta manhã em busca de informações. (Foto: Elci Holsback)Contribuintes formam fila nesta manhã em busca de informações. (Foto: Elci Holsback)

Os 138.445 mil trabalhadores de Mato Grosso do Sul, nascidos em março, abril e maio, podem sacar o saldo das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) a partir deste sábado (8). A expectativa é que com essa etapa do pagamento, sejam injetados R$ 146.154 milhões na economia do Estado.

De acordo com o calendário divulgado pela Caixa no início deste ano, a segunda etapa dos saques iniciariam no próximo dia 10 (segunda-feira) mas a rede antecipou o calendário para saques para o sábado. Em Mato Grosso do Sul 37 agências atenderão das 9h às 15h para orientação e pagamento.

Segundo a assessoria de imprensa da Caixa, a segunda etapa de pagamentos contempla 60% mais trabalhadores que a primeira, iniciada em 10 de março. No total, 7,7 milhões de pessoas terão acesso a cerca de R$ 11,2 bilhões - valor equivalente a 26% do total de saldo disponível para todo processo de pagamento, que finaliza em julho.

Entre os dias 10 e 31 de março, 118.383trabalhadores sacaram o saldo disponível em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, o número ultrapassa os 3,7 milhões de pessoas. O total sacado no Estado foi de R$ 80.343. 123 e no Brasil, mais de R$ 5,9 milhões já foram sacados.

Horário especial - Além do atendimento especial no sábado, nos dias 10, 11 e 12 de abril (entre segunda e quarta-feira) as agências da Caixa abrirão duas horas antes exclusivamente para pagamento do FGTS. Em Campo Grande, as 37 unidades que funcionarão no sábado, abrirão às 9h nestes dias. 

Como sacar - Valores até R$ 1.500 podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cidadão. Para valores até R$ 3 mil, o saque pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa. Acima de R$ 3 mil os saques devem ser feitos nas agências.

De acordo com a MP 763/16, sancionada pelo governo federal, o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015 pode sacar o saldo. 

Para sacar, os trabalhadores devem levar documento de identificação e Carteira de Trabalho, ou outro documento que comprove a rescisão do contrato. 

Para o caso de dúvidas e consulta de saldo, as informações podem ser acessadas no site da Caixa: www.caixa.gov.br/contasinativas ou ainda pelo telefone 0800 726 2017. 

Em MS, 138 mil trabalhadores podem sacar o FGTS a partir de sábado



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions