A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/06/2008 07:14

Em MS 2,2 mil contribuintes estão "na mira" da Receita

Redação

Mato Grosso do Sul tem 2,2 mil contribuintes que estão sendo fiscalizados por terem declarado renda incompatível com suas movimentações financeiras. Destes 1.250 são pessoas físicas e 950 jurídicas.

Caso as irregularidades não sejam justificadas, será aplicada multa entre 75% a 150% do valor do imposto devido e se ainda assim o fisco não for atendido o valor pode ser acrescido em 50%.

A distorção entre a renda declarada e a presumida foi constatada através de cruzamento de dados, como a própria CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), movimentação da conta bancária e gastos com o cartão de crédito. Até mesmo os registros em cartório, de compra de bens, são checados.

A

Prorrogado prazo para usar FGTS em prestações atrasadas de crédito imobiliário
O prazo para os trabalhadores usarem o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para pagar parcelas atrasadas do financiamento habitacional foi p...
Dólar fecha perto de R$ 3,33, maior valor em cinco meses
Num dia de tensões no mercado de câmbio, a moeda norte-americana fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta terça-fei...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions