A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

21/06/2018 13:43

Em MS, 26,7 mil trabalhadores podem sacar o PIS/ Pasep até o dia 29

O benefício pode chegar a um salário mínimo (R$ 954) e somado, o montante disponível no Estado é de R$ 19,1 milhões

Guilherme Henri
Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa (Foto: Reprodução)Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa (Foto: Reprodução)

No Estado, 26.745 trabalhadores ainda não sacaram o Abono Salarial do PIS/Pasep ano-base 2016. O benefício pode chegar a um salário mínimo (R$ 954) e somado, o montante disponível é de R$ 19,1 milhões. O prazo para o saque, conforme o Ministério do Trabalho, termina no dia 29 deste mês.

Segundo divulgado pelo MT, Os recursos não sacados retornam ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). O Abono Salarial ano-base 2016 começou a ser pago em 27 de julho do ano passado.

De acordo com o chefe da divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan Brito, a quantia que cada trabalhador tem para receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente no ano-base e varia de R$ 80 a R$ 954.

“Quem trabalhou durante todo o ano recebe o valor cheio. Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo. Se a pessoa trabalhou um mês, recebe 1/12 do valor, se trabalhou dois meses, 2/12, e assim sucessivamente”, explica”.

Para ter direito ao Abono Salarial do PIS/Pasep é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2016 com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador tinha de estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

Serviço - Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro na Caixa. O banco disponibiliza uma página para que o trabalhador consulte se tem direito a receber o valor. Para isso, é preciso informar o número do PIS (geralmente registrado na carteira de trabalho) e digitar a senha. Quem não tem senha, pode cadastrar uma na página de consulta.

Já os funcionários públicos, a referência é o Banco do Brasil. O banco disponibiliza um aplicativo que precisa ser baixado e instalado para que o trabalhador consulte se tem direito e o valor do benefício.

Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia
A partir de hoje (18), os brasileiros com mais de 57 anos, que são titulares de contas inativas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e...
Regulamentado saque de contas inativas do PIS/Pasep a todas as idades
O presidente Michel Temer sancionou hoje (13) a lei e assinou o decreto que regulamentam os saques das contas inativas dos fundos dos programas de In...
Resgate de cotas do fundo PIS/Pasep é liberado para todas as idades
O pagamento das cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem injetar R$ 39...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions