A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/05/2012 10:10

Entidades discutem monopólio da carne no Ministério da Justiça

Fabiano Arruda
Senador Waldemir Moka viabilizou encontro, que deve ocorrer nesta semana em Brasília (DF). (Foto: Divulgação)Senador Waldemir Moka viabilizou encontro, que deve ocorrer nesta semana em Brasília (DF). (Foto: Divulgação)

Representantes e entidades ligadas aos produtores rurais de Mato Grosso do Sul devem discutir, entre quarta e quinta-feira, no Ministério da Justiça, em Brasília (DF), a denúncia de monopólio de frigoríficos no setor.

A convocação foi feita pelo secretário da SDE (Secretaria de Direito Econômico), Vinicius Marques de Carvalho, do Ministério. A informação foi revelada pelo senador Waldemir Moka (PMDB).

A denúncia dos produtores, que elaboraram a Carta Campo Grande, texto que indica o domínio dos grupos de frigorífico na atividade em todo País, foi entregue na última terça-feira ao presidente do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), Olavo Zago Chinaglia.

Compete ao órgão aplicar sanções penais pela concorrência desleal em diversos setores econômicos.

Uma das acusações dos produtores no caso é que grandes grupos de frigoríficos têm avançado com aquisições de outras pequenas empresas com o uso de financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) como o JBS.

O “levante” sobre o domínio dos grupos frigoríficos está diretamente relacionado ao avanço do grupo JBS no Estado que, apenas recentemente, arrendou frigorífico no município de Coxim e teve proposta milionária aceita para adquirir ativos da dívida do Independência, que tem unidades em Nova Andradina e Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions