A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/02/2011 15:33

Estradas em pavimentação trazem novas expectativas para regiões distintas de MS

Marta Ferreira

Na região Norte, duas rodovias criam ligações para municípios antes isolados

Ligação pavimentada entre Bodoquena e Bonito.Ligação pavimentada entre Bodoquena e Bonito.

Três estradas em pavimentação em Mato Grosso do Sul prometem trazer transformação para duas regiões de localização oposta no Estado. As obras devem ficar prontas este ano.

Na região Norte, o asfaltamento da BR-359 e da MS-436 vai assegurar novas ligações rodoviárias para o município de Alcinópolis, cidade na divisa com Mato Grosso e Goiás que se ressente do isolamento para o transporte de sua produção e para o deslocamento da população.

Quando a BR-359 ficar pronta, a região terá um novo acesso para Coxim, caminho para Campo Grande, e também, para Goiás. Ao todo, a BR 359 tem 223 quilômetros.

A rodovia sai da BR-163, o eixo do desenvolvimento dessa região do Estado, em Coxim, e vai até Costa Rica, na divisa com Mineiros (GO). “Essa rodovia vai criar uma ligação diferente de Mato Grosso do Sul com o estado vizinho, beneficiando uma região altamente produtora”, assinala o secretário de Obras Wilson Cabral..

A outra ligação rodoviária para Alcinópolis em pavimentação é a MS-436, rodovia que também passa por Figueirão e Camapuã.

A MS-436 tem 163 km e também tem previsão de ficar pronta este ano. As localidades que beneficia há decadas sofrem com a falta de estradas para escoar a produção e para que a população possa fazer seu deslocamento de carro ou ônibus sem passar por atoleiros.

Turismo- Em outra vertente do Estado, o Sudoeste, está em andamento o asfaltamento de uma estrada também reivindicada há bastante tempo, a ligação entre Bonito e Bodoquena, a MS 178. Neste caso, são 70 km.

Neste caso, lembra o secretário de Obras, é um empreendimento bastante esperado pelo setor turístico, pois vai abrir caminho para incentivar os turistas a visitarem as belezas de Bodoquena, formando um complexo junto com Bonito e Jardim.

Dos 70 km da rodovia, 40 já estão prontos, conforme o secretário de Obras.

Secretário de Obras mostra no mapa do Estado trechos que passam por obras. (Foto: João Garrigó)Secretário de Obras mostra no mapa do Estado trechos que passam por obras. (Foto: João Garrigó)

Outras ligações Das rodovias em obras no Estado, também se destacam o primeiro trecho da MS-165, mais conhecida como Sul-Fronteira, projeto que liga Ponta Porã a Sete Quedas, num total de 226,8 km.

Hoje, está em execução um trecho de 30 km, entre Sanga Puitã e Aral Moreira. A continuidade da obra depende da obtenção dos recursos junto ao Governo Federal e organismos internacionais.

Outra obra em andamento que também será importante para uma região distante do estado é a MS-112, entre Inocência a Três Lagoas. O trecho, de 114 quilômetros, está previsto para ser concluído ano que vem e, como observa o secretário de Obras, será uma nova via de escoamento para a produção de eucaliptus da região.

Essas obras fazem parte de um grande pacote lançado pelo Governo do Estado em 2009, o MS-Forte, que incluiu iniciativas para mudar a infraestrutura de transporte no Estado.

A maior parte está incluída no PDE (Programa de Transportes e Desenvolvimento Sustentável de Mato Grosso do Su), com financiamento do Bird (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento), estimado em mais de US$ 300 milhões, para serem investidos na pavimentação de 280 km de rodovias e reabilitação de 515 km de rodovias.



Estive recentemente em Goiás e lá, pude verificar o que é estrada bem conservada. Detalhe: Sem pagamento de pedágio.
 
João Ricardo Oliveira em 23/02/2011 09:02:46
Ando nas estradas de Mato Grosso do Sul, como em outros Estados. Em vistas a outros estados que eram exemplos como: GO, MG, SP,PR, estamos se recuperando aos poucos. Há alguns casos como a MS-306 Cassilândia a Chapadão do Sul e outros ¨trechos¨ fáceis de ser recuperados. Mas preferem que elas se deteorem primeiro ou aconteça acidentes graves para depois solucionar o problema. Mas dou meu voto de confiança ao Governo para solução dos problemas e que nosso estado possa crescer muito¨ pois precisamos do Progresso do Transporte. Obs. Estou falando das Rodovias Estaduias.
 
vergilio carvalho em 23/02/2011 08:37:05
Parabéns ao Governo por ESTAS obras. Mas infelizmente nós temos que conviver com o descaso quanto à pavimentação já existente. As rodovias antigas estão repletas de buracos prejudicando o escoamento da produção. Um exemplo é a ligação entre Batayporã e Anaurilândia e outras rodovias da mesma região. A MS-306 entre Cassilândia e Chapadão é outro exemplo de descaso. Como cidadão do Estado, torço para que nosso Governo consiga, o mais rapidamente possível, recuperar o tempo perdido e as estradas.
 
Marco Ribeiro Souza em 22/02/2011 07:12:44
Nossas estradas são uma vergonha para o estado, perdemos muito por não termos estradas decentes, perdemos não só com os acidentes como empresarialmente falando perdemos negocios pois os fornecedores não tem como entregar e distribuir mercadorias pelo estado pois o custo com manutenção do caminhões devido a trechos com asfalto destruido ou sem asfalto não compensam o frete.
 
maximiliano nahas em 22/02/2011 05:02:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions