A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/06/2012 15:47

Evento apresenta concreto autoadensável, inédito em MS

Nicholas Vasconcelos

Concreto fluido depende de menos mão de obra para aplicação.

Concreto auto-adensável é mais líquido e tem aplicação mais fácil que o tradicional. (Foto: Divulgação)Concreto auto-adensável é mais líquido e tem aplicação mais fácil que o tradicional. (Foto: Divulgação)

Encontro promovido pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e pelo Ibracom (Instituto Brasileiro do Concreto) discute na próxima sexta-feira (22) e sábado (23) o concreto autoadensável, tipo inédito na construção civil em Mato Grosso do Sul.

O concreto autoadensável é mais fluido e de aplicação mais prática do que o tradicional, pode ser aplicado diretamente em fôrmas resolvendo o problema da falta de trabalhadores comum na construção civil no Estado.

O evento vai apresentar a aplicação,dosagem,custo e a viabilidade dele em empresas que trabalham com pré-fabricados e concreteiras.

“Esse é um concreto que toma forma sozinho, conforme é colocado nas formas e supre a necessidade de mão de obras que o tradicional”, afirma a engenheira Sandra Regina Bertocini, responsável pelo LMCC (Laboratório de Materiais de Construção Civil) da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e uma das responsáveis pelo III ETC (Encontro de Tecnologia do Concreto).

A pesquisadora explica que o autoadensável dispensa o uso dos vibradores de concreto, com isso produz menor ruído do que o tradicional. “Sem o uso dos vibradores diminui a poluição sonora dos canteiros de obras, gerando menos incômodo”, afirma.

O autoadensável já foi apresentado no laboratório da UFMS, mas ainda não foi utilizado na construção civil no Estado e o objetivo da capacitação é tornar seu uso mais comum. A aplicação inédita será feita na empresa Matpar no sábado (23).

“Este tipo de concreto é voltado principalmente para construção de prédios mais altos, por conta de ser mais fluido e ir direto para as formas”, destaca o pesquisador Ricardo Nakao.

Surgido no Japão na década de 1980, o autoadensável atende a necessidade de ser um concreto mais durável e com um aumento de produção, sem deixar de oferecer qualidade e também por ser mais liquido pode ser trabalhado de maneira mais fácil.

O encontro será realizado no auditório do Crea/MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul). O evento conta com o apoio da ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland).

Serviço - As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas através do email etecms2012@hotmail.com . Informações pelo telefone 3345-7479



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions