A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Outubro de 2018

22/10/2009 14:23

Fiems comemora manutenção da taxa básica de juros

Redação

A decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) de manter a taxa básica de juros em 8,75% ao ano é apoiada pela entidade que representa empresários em Mato Grosso do Sul.

O presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, considera acertada a decisão, porque evita uma euforia no momento de recuperação da economia brasileira.

"Reduzir os juros na atual situação poderia provocar um aumento nos financiamentos, causando um desequilíbrio nesta fase de retomada da economia", avaliou por meio de nota enviada pela assessoria.

Na opinião dele, o Banco Central tem de reduzir a taxa depois que a crise financeira mundial esteja completamente ultrapassada.

Segundo o presidente da Fiems, aprova de que a recuperação ainda não está consolidada é que as indústrias ainda sentem os efeitos negativos.

"Para que possamos afirmar que o País superou a crise, é necessária a recuperação da produção industrial e dos investimentos de longo prazo. Para tanto, é fundamental uma taxa de juros compatível e competitiva", analisou.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions