A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/01/2009 17:08

Fiems detalha proposta de redução de jornada e salário

Redação

O presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Marcolino Longen, vai se reunir ainda nesta quinta-feira com o presidente do TRT/, Ricardo Geraldo Zandona, para detalhar a proposta apresentada aos sindicatos laborais com a finalidade de diminuir a jornada de trabalho em 25%, com conseqüente redução de salários.

Em nota enviada à imprensa, a entidade justifica que desde o fim do ano passado ações são tomadas para garantir a saúde financeira e a preservação dos empregos nas empresas sul-mato-grossense. Entre as iniciativas lembradas para manter o fluxo de caixa estão o pedido de antecipação do 13° salário ao Governo do Estado e a prorrogação do prazo de pagamento do ICMS

Mesmo assim, as negociações com os sindicatos tiveram de ser abertas agora, segundo a Fiems, em setores comprovadamente afetados pela crise financeira mundial. "Nossa intenção é encontrar soluções para ajudar a frear a onda de demissões que a crise está provocando no setor industrial do Estado", justificou o presidente.

Além do corte na jornada e nos salários de 25%, a entidade também defende acordo para que em no máximo um ano os trabalhadores utilizem com folgas as horas acumuladas no Banco de Horas e também quer a prorrogação das convenções coletivas por um prazo de seis meses, mantendo as cláusulas atuais e sem reajuste de salário, respeitando o piso do salário mínimo, como já prevêem as leis trabalhistas.

"Todo industrial quer manter o seu atual quadro de funcionários, que é altamente qualificado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions