A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

29/01/2018 16:52

Gasto médio das famílias da Capital em supermercados tem queda de 7%

Para associação, resultado se relaciona, sobretudo, à baixa inflação de 2017

Osvaldo Júnior
Supermercado de Campo Grande; setor registrou redução nos valores proporcionados pelos gastos dos consumidores com cesta dos principais produtos (Foto: Divulgação)Supermercado de Campo Grande; setor registrou redução nos valores proporcionados pelos gastos dos consumidores com cesta dos principais produtos (Foto: Divulgação)

O campo-grandense reduziu os gastos nos supermercados em 2017. Em dezembro passado, o valor médio do consumo das famílias correspondeu a R$ 353,48, considerando os 35 itens mais vendidos. Esse desembolso é 7,06% menor que o de igual mês de 2016. Os dados foram informados nesta segunda-feira (29) pela Abras (Associação Brasileira de Supermercados).

Em termos absolutos, as famílias de Campo Grande reduziram em R$ 26,83 os gastos médios nos supermercados – em dezembro de 2016 foi de R$ 380,33. De acordo com a Abras, o resultado reflete mais a variação dos preços que a do volume consumido. Isso porque o ano passado foi marcado por inflações baixas ou deflações, sobretudo, no caso dos alimentos.

Dos 35 itens pesquisados nos supermercados de Campo Grande, 20 contabilizaram valores menores nos gastos das famílias. A maior queda foi a do feijão. O valor médio consumido em dezembro de 2017 equivaleu a R$ 6,28. Em igual período de 2016, o gasto médio foi de R$ 12,78.

Na sequência, entre os produtos com as maiores retrações em gastos médios, estão: açúcar (-32,65%, de R$ 12,37 para R$ 8,33), leite em pó (de R$ 1,40 para R$ 0,99, redução de 29,62%), desinfetante (queda de 27,08%, de R$ 6,70 para R$ 4,89), sabonete (-23,57%, de R$ 5,32 para R$ 4,07) e arroz (variação de -23,08%, de R$ 24,23 para R$ 18,64).

Gasto médio das famílias  da Capital em supermercados tem queda de 7%

Dos 15 produtos que apresentaram avanço no consumo, os destaques foram sal (26,60%, de R$ 1,69 para R$ 2,14), xampu (18,23%, de R$ 9,92 para R$ 11,73), margarina (11,93%, de R$ 2,78 para R$ 3,11) e café (6,85%, de R$ 9,15 para R$ 9,78).

Mensal – Dezembro, mês de festa e com expectativa de aquecimento do consumo, apresentou alta modesta de 1,25% nos valores gastos pelas famílias em supermercados de Campo Grande na comparação com o mês anterior. Conforme a pesquisa, os gastos médios das famílias da Capital nos supermercados foram de R$ 349,13 em novembro.

Os destaques foram os seguintes itens: frango congelado (13,62%, de R$ 20,42 para R$ 23,20), ovo (10,54%, de R$ 3,03 para R$ 3,35), açúcar (8,82%, de R$ 7,66 para R$ 8,33) e sal (5,28%, de R$ 2,03 para R$ 2,14).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions