A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

29/05/2012 20:39

Governo brasileiro define novos critérios para classe média

Nyelder Rodrigues

O governo federal fez uma redefinição da classe média, se baseando na renda per capita familiar, sendo dividida em três subclasses. A nova definição inclui cerca de 54% da população brasileira nessa faixa sócio-econômica.

Conforme os novos critérios, fazem parte da classe média pessoas com renda familiar, por pessoa, de R$ 291 até R$ 1.019. A baixa classe média é representada por família com renda per capita de R$ 291 e R$ 441, enquanto a média classe média tem renda entre R$ 441 e R$ 641. Já a alta classe média, compreende família com renda per capita superior a R$ 641 e inferior a R$ 1.019.

Para chegar às novas definições, foi considerado o padrão de despesa das famílias e os gastos com bens essenciais e supérfluos. Os critérios foram elaborados por uma comissão de especialistas formada pela de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República, que também redefiniram a classe alta em duas subclasses.

A baixa classe alta é composta por famílias com renda per capita entre R$ 1.020 e R$ 2.480, e a alta classe alta é integrada por quem tiver renda superior a R$ 2.480 por pessoa.

Telefonia fixa mantém redução de linhas em setembro, diz Anatel
O Brasil registrou pouco mais de 38,70 milhões de linhas fixas em operação no mês de setembro, o que representa menos 346.171 unidades em relação ao ...
Dólar cai 1,28% e fecha véspera de feriado cotado a R$ 3,78
O dólar comercial encerrou a quarta-feira (14) desvalorizada em 1,28%, cotado a R$ 3,782 para venda. Foi à primeira baixa após duas altas seguidas e ...
Aprovada MP que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário
A Medida Provisória (MP) 845/18 que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF) foi aprovada hoje (14) na comissão mista que analisav...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions