A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

29/05/2012 20:39

Governo brasileiro define novos critérios para classe média

Nyelder Rodrigues

O governo federal fez uma redefinição da classe média, se baseando na renda per capita familiar, sendo dividida em três subclasses. A nova definição inclui cerca de 54% da população brasileira nessa faixa sócio-econômica.

Conforme os novos critérios, fazem parte da classe média pessoas com renda familiar, por pessoa, de R$ 291 até R$ 1.019. A baixa classe média é representada por família com renda per capita de R$ 291 e R$ 441, enquanto a média classe média tem renda entre R$ 441 e R$ 641. Já a alta classe média, compreende família com renda per capita superior a R$ 641 e inferior a R$ 1.019.

Para chegar às novas definições, foi considerado o padrão de despesa das famílias e os gastos com bens essenciais e supérfluos. Os critérios foram elaborados por uma comissão de especialistas formada pela de Assuntos Estratégicos (SAE) da Presidência da República, que também redefiniram a classe alta em duas subclasses.

A baixa classe alta é composta por famílias com renda per capita entre R$ 1.020 e R$ 2.480, e a alta classe alta é integrada por quem tiver renda superior a R$ 2.480 por pessoa.

Caixa Econômica Federal não usará empréstimo do FGTS em 2018
Apesar da necessidade de cumprir padrões mais elevados de segurança financeira a partir de 2019, a Caixa Econômica Federal não usará o empréstimo de ...
Déficit deverá ficar até R$ 40 bilhões abaixo da meta, diz ministro
O déficit primário – rombo nas contas do governo excluindo os juros da dívida pública – em 2017 deverá ficar de R$ 20 bilhões a R$ 40 bilhões abaixo ...
Prazo para microempreendedor regularizar situação é prorrogado até sexta-feira
Os microempreendedores individuais (MEI) em atraso com o governo ganharam mais três dias para regularizar a situação. O prazo para a quitação das dív...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions