A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/10/2016 10:18

Greve nos bancos dificulta pagamento de aluguel e trava financiamentos

Renata Volpe Haddad
Greve dos bancários completa nesta quarta-feira (5), 30 dias. (Foto: Alcides Neto)Greve dos bancários completa nesta quarta-feira (5), 30 dias. (Foto: Alcides Neto)

É início de mês e época de pagar as contas de novo, mas a greve dos bancários continua e tem dado dor de cabeça em vários setores. Quem precisa quitar o aluguel, por exemplo, ainda mais quando o valor do boleto é acima de R$ 700 e o pagamento só pode ser feito nas agências.

Só na manhã desta quarta-feira (5), mais de sete reclamações de clientes indignados por não conseguir para o aluguel,  foram registradas em uma imobiliária de Campo Grande. Hoje, a greve dos bancários completa 30 dias.

De acordo com responsável pelo financeiro da imobiliária, que preferiu não se identificar, a maior dificuldade dos clientes é com boletos no valor acima de R$ 700. "Lotéricas aceitam pagamentos até este valor e no banco é possível sacar apenas R$ 1mil. Temos casos de boletos de até R$ 4 mil e o cliente não consegue pagar e o vencimento é hoje", alega.

Revoltada e precisando pagar o aluguel que vence hoje, uma comerciante que pediu para não ter a identidade divulgada, diz que a greve complica muito o dia a dia dela. "No mês passado, quando a greve começou já tinha conseguido pagar o meu aluguel, mas esse mês está complicado. Meu aluguel é alto e só consigo sacar R$ 1 mil por dia. Isso é um absurdo, essa greve tem que acabar".

Negócios - Na Caixa X Imobiliária, um dos responsáveis pela diretoria, Uramar Kosloski Filho, alega que o maior problema com a greve, é concluir os financiamentos. "A greve realmente nos afeta na parte do financiamento. Quando a paralisação dos bancários começou, ainda conseguimos concluir os financiamentos que estavam em finalização, mas quem deu entrada depois da greve, o procedimento está parado", alega.

Em relação aos pagamentos de boletos de aluguel, Filho explica que a imobiliária tem um correspondente bancário e se o cliente tiver dificuldade em quitar o boleto nas agências bancárias ou lotéricas, pode ir até o local realizar o pagamento. "Aqui nós recebemos o boleto e acaba facilitando o dia a dia do nosso cliente", diz.

Outro problema relatado é bloqueio de senha que só pode ser resolvido com gerente de agência. De acordo com o gerente da RB Assessoria Contábil, Gregório Cunha de Almeida, um dia antes da greve dos bancários começar, houve bloqueio de senha o que impede a retira de folhas de cheques.

"Não estamos conseguindo imprimir os talões e nem regularizar a senha porque isso só o gerente faz. Com isso, fornecedores que só recebem com cheque, estão com pagamento atrasado. Têm alguns que compreendem e outros que vão nos cobrar juros", relata.

Nova negociação - No 30º dia da greve dos bancários, uma nova rodada de negociação será realizada nesta quarta-feira (5), a partir das 17h. É a 11ª reunião entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) marcada pelos banqueiros na noite de ontem.

A Caixa Econômica Federal também convocou rodada de negociação específica para esta quarta-feira, às 19h. Após a rodada com a Fenaban, haverá negociação com o Banco do Brasil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions