ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 29º

Economia

Iagro mantém vacinação do rebanho contra aftosa para maio em MS

Calendário de imunização de bovinos no Planalto não muda e nem as ações para retirada da vacina no Estado

Por Rosana Siqueira | 29/03/2020 07:46

Mesmo com o coronavírus, a Iagro (Agência Estadual de Defesa Animal de Vegetal) em Mato Grosso do Sul manteve o calendário de vacinação contra a febre aftosa, na primeira etapa, prevista oficialmente para maio. Além disso a agência sustentou o calendário de ações programadas (para o Estado) do Plano nacional que prevê a retirada da vacinação até 2023.

Campanha de vacinação antiaftosa vai acontecer normalmente em maio. (Divulgação)
Campanha de vacinação antiaftosa vai acontecer normalmente em maio. (Divulgação)

As medidas foram anunciadas após reunião do Diretor Presidente da Agência, Daniel Ingold, diretores de agências de todo Pais e representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) por teleconferência e em seguida com o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, este último presidente do Comitê Gestor do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o secretário Jaime o cronograma de vacinação não sofrerá nenhuma alteração e os pecuaristas já podem organizar a sua programação para aquisição das doses da vacina, bem como a de aplicação.

Para todas as regiões sanitárias do Estado (Planalto, Fronteira e Pantanal) continua valendo a data de 15 de abril para pedidos de antecipação da vacinação.

A vacinação para os animais das regiões do planalto e fronteira tem início em 1º de maio e término em 31 de maio. A declaração de vacinação, no sistema, para os pecuaristas destas duas regiões termina em 15 de junho.

O Pantanal, dada suas peculiaridades, continua com data diferenciada. A vacinação tem início em 1º de maio e o término em 15 de junho e a declaração pode ser feita até 30 de junho.