ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 25º

Economia

Iagro recebe 120 viaturas para 45 municípios e renova 30% da frota

Por Wendell Reis | 06/02/2012 13:21
Estado vai renovar 100% da frota nos cinco anos de convênio com o Governo Federal(Foto:Marlon Ganassin)
Estado vai renovar 100% da frota nos cinco anos de convênio com o Governo Federal(Foto:Marlon Ganassin)

O governador André Puccinelli (PMDB) entregou) 120 novas viaturas para a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal) na manhã desta segunda-feira 96). As viaturas serão utilizadas nas ações de defesa sanitária e vegetal de 45 municípios de Mato Grosso do Sul. Com os novos carros, a Iagro renova 30% de sua frota.

“Cerca de 8% da economia do Estado depende da pecuária. É um pilar importante na economia sul-mato-grossense. Este evento é uma parceria entre Governo Federal e Estadual. Ambos preocupados com o Brasil e com o Mato Grosso do Sul. Para que a sanidade animal possa dizer ao mundo que com cuidados, a carne de Mato Grosso do Sul é a melhor do universo. Se Mato Grosso do Sul ficasse vulnerável, o Brasil estaria interditado”, avaliou o governador André Puccinelli (PMDB).

O governador lembrou ainda que a troca da viatura é uma das etapas para atingir o ideal maior, que é deixar o Estado livre da aftosa, sem a necessidade de vacinação, como já ocorre em Santa Catarina. Para combater o contrabando de gado, o governador falou em medidas enérgicas, incluindo até cadeia para os chamados “intrabandistas”.

A secretária de Produção e Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa, ressalta que esta é a primeira parte de um convênio, que deve investir R$ 9 milhões em 2012 para o Estado, o que moderniza todo o órgão. A secretária ressalta que todas as fronteiras têm problema e que hoje a maior dificuldade está na visitação das propriedades. Porém, ressalta que os produtores estão fazendo sua parte e vacinando os animais.

A diretora da Iagro, Maria Cristina Galvão Rosa Carrijo, avalia que as novas viaturas são um incremento de extrema importância para o Estado. Ela se recorda que a Agência passou por dificuldades durante alguns anos, mas o convênio, aliado a contratação anunciada de 35 veterinários, vai ser muito útil para as fiscalizações.

O superintendente Federal de Agricultura e Pecuária, Orlando Baez, lembrou que as ações institucionais têm sido positivas e que nos últimos dez anos, o Ministério da Agricultura já investiu R$ 100 milhões em Mato Grosso do Sul, para ações de desenvolvimento da agropecuária.

Atualmente a Iagro possui 380 viaturas, mas a maioria está defasada, com até dez anos de uso e com dificuldades para realizar manutenção. O convênio para cinco anos prevê investimentos de R$ 72 milhões. Na primeira fase a Iagro vai receber R$ 16 milhões.

O presidente da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Eduardo Riedel, avalia que com a entrega o Governo reconhece a importância da pecuária para a economia, priorizando a defesa sanitária como elemento importante para o desenvolvimento do Estado, garantindo a manutenção do status de livre da Aftosa.

A deputada Mara Caseiro (PTdoB) lembrou da dificuldade que o Conesul do Estado passou em 2005 com a aftosa, com embargo inclusive da agricultura familiar. Porém, avalia que neste ano, quando o Paraguai apresentou o problema, a Iagro tomou todas as medidas para que o problema não ultrapassasse a fronteira. O Governo do Estado pretende renovar toda a tropa nos cinco anos de convênio com o Governo Federal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário