A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

04/07/2018 15:50

Indústria de MDF exigirá logística também sobre trilhos

Quatro investidores prospectam incentivos fiscais para se instalar no município e prover serviços de transporte a GreenPlac, com perspectiva de produção de 250 mil metros cúbicos de MDF por ano

Kleber Clajus, de Água Clara
Investimento do grupo na planta industrial e plantio de eucaliptos soma R$ 675 milhões (Foto: Saul Schramm)Investimento do grupo na planta industrial e plantio de eucaliptos soma R$ 675 milhões (Foto: Saul Schramm)

A inauguração de indústria de MDF (madeira de média densidade) em Água Clara, a 198 quilômetros de Campo Grande, vai exigir investimento de empresas para escoar a produção. Há negociação, inclusive, para extensão de um ramal da Ferrovia Transamericana à planta industrial.

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, pelo menos quatro investidores buscam incentivos fiscais para se instalar no município e prover serviços de transporte a GreenPlac, que produzirá 250 mil metros cúbicos de MDF por ano.

“Nossa expectativa é de que quatro empresas venham a se instalar em função da questão logística e colocamos esse empreendimento como uma demanda da ferrovia, porque estão colados no trilho e poderão enviar cargas a São Paulo”, disse o Verruck.

José Roberto Colnaghi, presidente do grupo controlador da GreenPlac, justificou a escolha de Água Clara por sua posição estratégica em trevo da BR-262, o que permite acesso aos mercados do sudeste e centro-sul do país.

Representantes comerciais do Paraná e Rio de Janeiro, Ronaldo Ferreira e Francisco Reis pontuaram que a indústria moveleira está novamente aquecida no país e um novo player no mercado assegura possibilidade de bons negócios, ainda que a logística pese. 

“Questão do transporte com o tempo vamos ajustando, mas a qualidade do MDF produzido aqui com eucalipto apresenta mais densidade e durabilidade”, destacou Francisco, enquanto Ronaldo avaliou que Água Clara reúne condições de atender os mercados consumidores da matéria-prima como Paraná e São Paulo com sustentabilidade. 

Empreendimento - Investimento do grupo na planta industrial e plantio de eucaliptos soma R$ 675 milhões, tendo movimentação diária de 90 caminhões somente para o fornecimento de madeira e resina destinados a linha de produção de MDF cru e revestido. Até o momento foram gerados pelo menos 700 empregos, entre diretos e indiretos pela indústria.

Para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), este é mais um dos passos do Estado na diversificação econômica, com potencial de também desenvolver demanda a outros modais de logística como o ferroviário. “Isso é um sonho que se torna realidade”, ressaltou.

Dólar bate R$ 3,90 para venda, maior valor desde 5 de julho
A moeda norte-americana terminou o pregão de hoje (15) em alta de 0,87%, cotada a R$ 3,9007 para venda, atingindo o maior valor desde 5 de julho quan...
Festival de cinema em Gramado começa amanhã
Um dos mais importantes festivais de cinema do país começa amanhã, 16 de agosto, e promete agitar a cidade de Gramado até o dia 25. O evento que acon...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions