A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

02/07/2012 13:50

Inflação medida pelo IPC-S fecha junho em 0,11%

Flávia Albuquerque, da Agência Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-S), calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), registrou na última semana de junho variação de 0,11%. A taxa é 0,05 ponto percentual abaixo do registrada na semana anterior. No acumulado do ano, o IPC-S tem alta de 2,83% e nos últimos 12 meses, de 5,37%.

Das oito classes de despesa analisadas, cinco apresentaram redução em suas taxas. O principal decréscimo foi verificado no grupo despesas diversas, que passou de 1,48% para 0,48%, com destaque para o item cigarros (de 3,15% para 0,51%).

Os outros grupos que apresentaram taxas menores foram vestuário (de 0,22% para 0,06%), saúde e cuidados pessoais (de 0,53% para 0,38%), habitação (de 0,13% para 0,06%) e educação, leitura e recreação (de -0,06% para -0,10%). Os itens que se destacam nessas classes de despesa foram roupas (de -0,05% para -0,28%), medicamentos em geral (de 0,42% para 0,16%), tarifa de eletricidade residencial (de -0,46% para -0,84%) e cursos não formais (de 0,7% para 0,59%).

No sentido contrário, apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: transportes (de -0,81% para -0,73%), alimentação (de 0,67% para 0,74%) e comunicação (de -0,02% para 0,00%). Em cada uma dessas classes de despesa se destacaram os itens tarifa de ônibus urbano (de 1,32% para 1,94%), panificados e biscoitos (de 0,88% para 1%) e tarifa de telefone residencial (de -0,08% para 0,00%).

Dólar sobe 1% e fecha quinta-feira cotado acima dos R$ 3,70
O dólar fechou a quinta-feira (18) cotado acima dos R$ 3,70. A moeda subiu 1,16%, atingindo R$ 3,7250. O Índice Bovespa (Bolsa de Valores de São Paul...
Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions