A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

14/02/2011 17:40

Janeiro teve menos cheques no mercado e inadimplência menor

Marta Ferreira

Circulação e devolução de documentos diminuíram 14%

O número de cheques devolvidos por falta de fundos em Mato Grosso do Sul diminuiu 14% em janeiro de 2011 em relação a dezembro de 2010, segundo mostram os dados do Banco Central do Brasil.

O dado foi divulgado hoje pela Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) de Mato Grosso do Sul. Para a entidade, isso mostra maior controle das finanças por parte das pessoas.

“E por outro lado, que o cheque está sendo cada vez menos usado como forma de pagamento, substituído pelos cartões de débito e crédito e sistema de crédito das próprias lojas”, avalia o presidente da Fecomércio, Edison Ferreira de Araújo.

Segundo os dados do Banco Central, o volume total de cheques trocados no Estado também caiu em 14%, de 1,6 milhão em dezembro para 1,3 milhão no mês passado.

O número de documentos devolvidos por falta de fundos passou de 104,3 mil a 89,4 mil. Outro fator que precisa ser levado em conta é que dezembro é o mês de maior movimentação do ano, em função do Natal.

Conforme o levantamento, o valor somado dos cheques sem fundos diminuiu 18%, de R$ 162,8 milhões a $ 133,4 milhões, o que significa um valor médio de R$ 1.492,17 por cheque devolvido em janeiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions